DEM proíbe alianças com PT nos Estados

A desobediência da resolução pode impedir que o diretório infrator concorra em seu Estado

 

A Executiva Nacional do DEM aprovou nesta terça-feira (30) resolução em que proíbe a formação de coligação entre seus membros e filiados ao PT para as eleições estaduais. O DEM é um dos principais partidos de oposição ao governo federal.

A proposta, apresentada pelo líder do DEM, deputado Paulo Bornhausen, foi aprovada por unanimidade. Segundo nota divulgada no site do partido, a eventual desobediência da resolução, permite que a Executiva Nacional anule a deliberação contestada, o que impedirá o partido de concorrer às eleições para governo do respectivo Estado.

Em nota divulgada nesta segunda-feira (29), DEM, PSDB, e PPS criticaram o anúncio da segunda etapa do Programa de Aceleração do crescimento, o chamado PAC 2, e destacam que até o momento somente 11% das obras do PAC 1, lançado há três anos, estão concluídos. “Se o primeiro programa está empacado, para que lançar o segundo? Não é o caso de terminar o começado?”, questionaram.

Fonte: R7

 

+ sobre o tema

“É melhor morrer em pé do que viver de joelhos”

Quem ama as liberdades democráticas que se mire em...

Degola, linchamento e cassação: gente negra pode mesmo eleger e ser eleita?

Imagina se uma vereadora negra de Catanduva (SP) e...

A “selfie” de Obama e o jornalismo apressado

O presidente dos EUA não foi insensível e sua...

Abolicionismo do século 21

Por: Edson França Completamos no dia 13 de...

para lembrar

Cigana rouba a cena em posse de ministros

Homens em terno escuro e mulheres usando tailleur se...

Em toda a América Latina, mulheres lutam contra violência na política

Atualmente, a América Latina é líder global em cargos...

Predominantes na classe C, negros movimentaram R$ 760 bilhões em 2012

De cada 100 pessoas que entraram na classe C...

Kanye West é bom apesar das polêmicas que cria

Kanye West entrou para o hall dos encrenqueiros...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=