Egonu recebe solidariedade de premiê da Itália após relatar racismo

Enviado por / FonteUOL

 Vítima de racismo, Paola Egonu, estrela da seleção italiana feminina de vôlei, recebeu neste domingo (16) um telefonema de solidariedade do primeiro-ministro Mario Draghi.

“A atleta azzurra é um orgulho do esporte italiano e terá ocasiões futuras para vencer outros troféus endossando o uniforme da seleção”, diz uma mensagem publicada pela conta oficial do governo no Twitter.

Na postagem, o Palácio Chigi afirma que Draghi expressou “plena solidariedade à campeã Paola Egonu” em uma ligação durante a manhã.

Ontem, após a vitória na disputada pelo terceiro lugar do Mundial contra os Estados Unidos, Egonu foi foi flagrada desabafando com seu empresário Marco Raguzzoni, à beira da quadra.

“Você não pode entender, você não pode entender. É o meu último jogo na seleção. Eles me perguntaram se eu era italiana… Estou cansada”, disse a atleta.

Com apenas 23 anos, a oposta tem um dos ataques mais potentes do mundo do vôlei e é peça fundamental para a seleção de seu país. Natural de Cittadella, na Itália, Egonu já disputou duas Olimpíadas e foi vice-campeã Mundial em 2018, sendo eleita a melhor oposta da competição.

+ sobre o tema

Àreas brancas e áreas negras: o redline nas cidades brasileiras

80 tiros contra um pai de família ocorre onde...

Não sou uma mulher? Mulheres negras, gente ou bicho?

“Aquele homem ali diz que mulheres têm que ser...

para lembrar

Gênero, raça e ascenção social

por Sueli Carneiro ASHELL ASHELL PRA TODO MUNDO ASHELL Ela mora...

PMs são presos por suspeita de estupro contra jovem grávida

Crime foi flagrado na noite de sábado (11), em...
spot_imgspot_img

Portões da universidade

"Nós queremos é que uma filha de uma empregada doméstica possa ser médica, possa ser dentista, possa ser engenheira. Nós não queremos uma sociedade...

Desaparecidos assombram país mesmo após redemocratização

Quando o presidente Lula assinou o decreto de reinstalação da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, no início de julho, emergiu como prioridade na retomada...

Racista é condenado a oito meses de prisão por ataques a Vini Jr

O Real Madrid anunciou, nesta quarta-feira, que um racista foi condenado a oito meses de prisão por ataques a Vinicius Junior e Rüdiger. As agressões foram...
-+=