Encontro reúne mulheres ativistas de sete países para discutir agendas em comum e fortalecer alianças globais

“III Diálogo Mulheres em Movimento: Fortalecendo Alianças Globais” reúne mais de 120 lideranças de coletivos e organizações feministas da Argentina, Bolívia, Brasil, Costa Rica, Equador, Inglaterra e Nicarágua. Encontro acontece no Rio de Janeiro até sexta

Enviado por Luana Bento para o Portal Geledés, via Guest Post

Foto: Flavia Viana

Fundo ELAS e parceiros promovem até sexta (27 de setembro) o III Diálogo Mulheres em Movimento: Fortalecendo Alianças Globais, que reúne mais de 120 mulheres de todo o Brasil, de outros países da América Latina e do Reino Unido para criar e fortalecer parcerias e ações coletivas pelos direitos humanos das mulheres e na defesa de seus corpos e territórios.

O encontro é resultado de uma grande aliança formada por Fundo ELAS, British Council, ONU Mulheres, Fundação Ford, Global Fund for Women, Open Society Foundations, Instituto Ibirapitanga, OAK Foundation e Women’s Foundation of Minnesota.

Foto: Flavia Viana

Entre as convidadas, representantes de grupos apoiados nos Editais Mulheres em Movimento e de outros coletivos, organizações e redes de mulheres negras, indígenas, lésbicas, bis e trans, trabalhadoras rurais, imigrantes, mulheres com deficiência, trabalhadoras domésticas, mulheres vivendo com HIV/Aids, entre outras.

Estão representados de 101 grupos e redes de sete países – Argentina, Bolívia, Brasil, Costa Rica, Equador, Inglaterra e Nicarágua -, além de parceiros no investimento nos direitos das mulheres. A programação inclui um pocket show da cantora Karina Buhr e lançamento dos livros “Teologias Fora do Armário: teologia, gênero e diversidade sexual”, de Tabata Tesser, e “Cartas para Marielle”, de Anielle Franco.No encontro, as participantes estão sendo convocadas a criar parcerias e ações coletivas pelo fim do racismo e da violência contra as mulheres, pela cidadania LGBT e pela Amazônia e os povos da floresta. Outro tema discutido é o  investimento no avanço dos direitos das mulheres, na equidade e na justiça, em uma debate com participação de financiadores.

Foto: Flavia Viana

“Estamos avançando com o Mulheres em Movimento, um programa que já propiciou mais de uma centena de parcerias entre diversos movimentos sociais liderados por mulheres no Brasil e com outros países. Queremos ampliar essas alianças internacionais, intergeracionais e intermovimentos”, diz KK Verdade, coordenadora executiva do Fundo ELAS, o fundo de mulheres do Brasil. “O III Diálogo é esse momento potente para que as ativistas encontrem suas conexões e estratégias comuns que fortaleçam a luta por direitos das mulheres globalmente”, afirma.

“Acreditamos que as conexões internacionais, intergeracionais e intermovimentos construídas através do programa Building Movements – Mulheres em Movimento podem ser transformadoras e proporcionar mudanças concretas para a luta por direitos das mulheres do Brasil, do Reino Unido e de todo o mundo. Para o British Council, a grande aliança e parcerias formadas pelo programa é motivo de muito orgulho e reforça nosso compromisso em criar e apoiar oportunidades que contribuam para avanços em direção a um mundo mais estável, justo e igualitário”, afirma Ana Bessa, gerente sênior para Sociedade do British Council no Brasil.

Foto: Flavia Viana

“Os movimentos de mulheres e feministas estão na vanguarda das ações em favor dos direitos humanos e da mobilização de empresas, governos e outros setores da sociedade civil para criar as condições para garantir desenvolvimento com equidade. Fortalecer o protagonismo das organizações de mulheres, na sua diversidade política, é fundamental para que os direitos das mulheres sejam realidade no Brasil e em outras partes do mundo”, afirma Ana Carolina Querino, representante interina da ONU Mulheres Brasil.

Foto: Flavia Viana

Sobre o programa Building Movements – Mulheres em Movimento

Building Movements – Mulheres em Movimento é uma grande aliança que fortalece os movimentos liderados por mulheres na defesa da democracia. Parceria entre Fundo ELAS, British Council, ONU Mulheres, Fundação Ford, Global Fund for Women, Open Society Foundations, Instituto Ibirapitanga, OAK Foundation e Women’s Foundation of Minnesota, o programa apoia projetos de grupos, organizações e redes de mulheres de todo o Brasil, com enfoque na mobilização para a defesa de direitos, formação política, ação feminista coletiva e criação de alianças internacionais, intergeracionais e intermovimentos.

Além de promover intercâmbios globais, fomentando alianças entre grupos e redes do Brasil, de outros países da América Latina e do Reino Unido, o programa investe na articulação de diferentes segmentos dos movimentos feministas e de mulheres, assim como com outras lutas por direitos, como a luta por moradia, por direitos trabalhistas, por direito à cidade ou por uma vida sem violência

O programa apoiou 26 projetos em 2017 e 2018, que alcançaram mais de 13 mil beneficiárias diretas, 119 parcerias cross-movements (intermovimentos) e 79 parcerias cross-countries entre países da América Latina e do Reino Unido. O Edital Mulheres em Movimento 2019 selecionou mais 30 projetos.

No Brasil, na América Latina e no mundo, as mulheres estão juntas por equidade de direitos, liderando movimentos sociais democráticos e iniciativas por justiça social para todas e todos. O Mulheres em Movimento apoia, fortalece e potencializa suas ações e suas alianças. Saiba mais: fundosocialelas.org/mulheres-em-movimento/

Acompanhe a cobertura do III Diálogo Mulheres em Movimento nas mídias sociais do Fundo ELAS: @fundoelas no Instagram,  Facebook.com/fundosocialelas e @FundoElas no Twitter. #MulheresEmMovimento #JuntasPorDireitos

 


** Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do PORTAL GELEDÉS e não representa ideias ou opiniões do veículo. Portal Geledés oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

+ sobre o tema

Punição para os hitlernautas – Por: Mauro Santayana

Os hitlernautas não devem ser subestimados. É melhor...

Obama afirma que reanimar a economia é sua tarefa mais urgente

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, considera que...

O tal “panelaço” tem cara, grife, cor e endereço, nobre, diga-se de passagem

O tal "panelaço", importado da Argentina, de que  grande...

Saiba quem estará na bancada do Roda Viva com Jurema Werneck

O Roda Viva da próxima segunda-feira (17) recebe a...

para lembrar

Ana Júlia faz novo discurso histórico e cala deputados na Câmara

A estudante secundarista, que já havia emocionado o país...

Escravidão e discriminação

Por Margareth Menezes     Neste momento, em...

Presidente Lula anuncia investimento em catadores de materiais recicláveis

Fonte: G1- Trabalhadores terão carros elétricos para coleta de...

O precário à espreita

Há processos supostamente modernos que são eufemismo para retrocessos...

Refletindo sobre a Cidadania em um Estado de Direitos Abusivos

Em um momento em que nos vemos confrontados com atos de violência policial  e  não punição, como nos recentes casos de abuso de poder...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...
-+=