Golpe em site e app de encontro bate recorde; veja como não ser enganado

O número de vítimas de golpes em serviços de encontros online não para de crescer. Só na Grã-Bretanha, as autoridades recebem uma denúncia a cada três horas e este número aumentou um terço entre 2013 e 2015, batendo todos os recordes no ano passado.

Na UOL

Em 2016, 3.889 pessoas foram vítimas de “golpes românticos” e, em média, cada uma sofreu um prejuízo de US$ 12,5 mil (R$ 38,5 mil). A idade média delas: 49 anos.

O National Fraud Intelligence Bureau, a autoridade britânica responsável pelo combate a esse tipo de fraude, lançou uma campanha de conscientização.

Confira a seguir oito conselhos dos peritos para quem está buscando um amor pela internet.

1. Comprove que ele(a) é real

Antes de mais nada, comprove que a pessoa que apareceu no site ou app de encontros e promete amor eterno existe de verdade.

Isso pode ser feito se você jogar o nome da pessoa, fotos e frases que ela usa regularmente em um site de buscas online com palavras-chaves como “fraude romântica” ou “golpe de encontros”.

Segundo Alan Woodward, especialista em segurança cibernética da Universidade de Surrey, na Inglaterra, os criminosos muitas vezes compram os chamados “pacotes online” que contêm modelos de cartas amorosas, fotos, vídeos e identidades falsas.

“Tanta gente tem sido vítima desses golpes que o preço desses pacotes caiu. Agora, as vendas são feitas por volume de informações”, disse Woodward à BBC.

2. Nunca envie dinheiro

Nunca envie dinheiro para alguém que tenha conhecido online, não importa as razões ou o tempo de relacionamento.

A vítima desse tipo de fraude geralmente faz a sua primeira transferência de dinheiro para o golpista em menos de um mês, mas isso também pode acontecer mais tarde, dizem os peritos.

Ou seja, o tempo não é garantia de nada, adverte o National Fraud Intelligence Bureau britânico.

Os especialistas alertam ainda contra os pseudodetetives ou investigadores que anunciam seus serviços online para recuperar o dinheiro perdido no site de encontros – o que é cada vez mais comum com o aumento dessas fraudes.

3. Fique no site de encontros

Evite transferir as conversas com a pessoa para outras redes sociais até que você esteja convencido da identidade dela.

Não troque a comunicação no site ou app de encontros pelo papo no Facebook ou no WhatsApp.

Lembre-se que às vezes esses serviços de encontros são capazes de detectar ações ou identidades fraudulentas.

4. Conheça melhor o outro

Concentre-se em conhecer melhor a pessoa, não apenas o perfil dela. Faça muitas, mas muitas perguntas. Nunca apresse o ritmo do relacionamento online.

5. Não mantenha segredo

Fale com amigos e a sua família sobre as suas escolhas amorosas. Eles podem dar apoio e oferecer uma visão mais racional da sua relação.

Se a pessoa que você conheceu online pede que o relacionamento seja mantido em segredo e que você não comente com ninguém, tome ainda mais cuidado.

6. De olho nas informações

Note se a pessoa faz muitas perguntas, mas revela muito pouco sobre si mesma.

7. O outro é perfeito demais?

Desconfie se a foto que lhe enviaram é perfeita demais – ou seja, a pessoa parece um modelo ou artista.

8. Primeiros encontros em público

Se for sair com uma pessoa que conheceu em um site ou app, assegure-se que alguém sempre saiba onde você foi e marque os primeiros encontros em locais públicos.

+ sobre o tema

Convite Premio Theodosina Ribeiro – Leci Brandao

A Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo por...

Kalungas acreditam na educação para salvar meninas da violência sexual

Para a comunidade, a solução virá de dentro e...

Nós, Madalenas: uma palavra pelo Feminismo

Maria Ribeiro é a fotográfa responsável por transformar em...

Após vencer Oscar, Patricia Arquette pede igualdade de gênero; assista

Em seu discurso, atriz falou sobre “equiparação salarial e...

para lembrar

Jurema Werneck: a voz da resistência

Negra, lésbica, nascida no morro, a médica Jurema Werneck...

Coletivo de cientistas negros faz live sobre representatividade midiática da mulher negra; confira

O Coletivo Nacional de Cientistas e Intelectuais Negros vai...
spot_imgspot_img

Julho das Pretas: ‘Temos ainda como horizonte sermos livres das amarras históricas’, diz ativista

No dia 25 de julho será celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. E em alusão a data, o Julho das Pretas é realizado...

Meninas negras de até 13 anos são maiores vítimas de estupro no Brasil; crime cresceu 91,5% em 13 anos

O número de estupros no Brasil cresceu e atingiu mais um recorde. Em 2023, foram 83.988 casos registrados, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior....

Eugênio Bucci, Marilena Chaui e Sueli Carneiro são finalistas do Prêmio Jabuti Acadêmico; confira a lista completa

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) anunciou, nesta quinta-feira (18), os finalistas do Prêmio Jabuti Acadêmico, que contempla obras científicas em 29 categorias, como Artes,...
-+=