quinta-feira, dezembro 8, 2022
InícioEm PautaHomem dispara tiro em frente a casa da covereadora Samara Sosthenes (PSOL-SP)

Homem dispara tiro em frente a casa da covereadora Samara Sosthenes (PSOL-SP)

A covereadora Samara Sosthenes (PSOL-SP) publicou nas redes sociais que um homem em uma moto efetuou um disparo para cima na madrugada deste domingo (31) em frente a casa em que ela reside com a mãe e os irmãos.

Samara Sosthenes é travesti e mora na ocupação Prestes Maia, no Centro da capital paulista. No último dia 29 ela participou de ações voltadas para o Dia Nacional da Visibilidade Trans.

Outros casos

Além de Samara Sosthenes, as também parlamentares Carolina Iara e Erika Hilton, ambas pelo PSOL na capital paulista, sofreram atentados e ameaças diretas a sua integridade física nos últimos dias.

Na madrugada do dia 26 de janeiro, a residência da covereadora Carolina Iara, localizada na Zona Leste de São Paulo, foi atingida por dois disparos. A bancada pessolista alegou se tratar de um crime político.

Também no dia 26, um homem, se apresentando como ‘garçom reaça’  invadiu o gabinete de Erika Hilton na Câmara dos Vereadores de São Paulo.

Os casos de Carolina Iara e Erika Hilton foram registrados em boletins de ocorrência e mantiveram a característica de ter mulheres trans como vítimas.

Samara Sosthenes

Samara Sosthenes, tem 33 anos, e faz parte da mandata coletiva Quilombo Periférico, formada por seis lideranças do movimento negro e periférico. Ela é travesti e moradora da ocupação Prestes Maia, no Centro dacapital paulista. Samara é coordenadora da UNEafro Brasil no núcleo Laura Vermont, na Luz. Militante do movimento negro, de mulheres e LGBTQIA+.

Ato

Considerando o histórico de violências recentes, a Mandata Coletiva Quilombo Periférico marcou para este domingo (31), às 18h30, um ato na delegacia situada na Rua Brigadeiro Tobias, 527, registrando um Boletim de Ocorrência, comunicando às autoridades de segurança pública a suspeita de atentado.

Leia também:

Após ser alvo de ataques transfóbicos e racistas, Érika Hilton irá processar 50 pessoas

Ameaças de neonazistas a vereadoras negras e trans alarmam e expõem avanço do extremismo no Brasil

Casa da covereadora Carolina Iara sofre atentado a tiros na madrugada

 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench