Jay Z comenta questões raciais nos EUA: “Preconceito é ensinado em casa”

Para o músico, o “hip-hop fez mais pelas relações sociais do que a maioria dos ícones da cultura”
por ROLLING STONE EUA

Master Class – série da apresentadora Oprah Winfrey – joga os holofotes sobre vários artistas, escritores, atores e músicos negros norte-americanos, para discutirem o movimento pelos direitos civis. No episódio mais recente, Jay Z falou sobre o papel que o hip-hop tem desempenhado na diminuição das tensões raciais nos Estados Unidos.

“Preconceito é ensinado em casa”, disse ele. “Acredito seriamente que o racismo é ensinado quando você é jovem”. Jay Z acrescentou: “Então é muito difícil ensinar racismo quando os seus filhos admiram Snoop Dogg”.

O rapper ainda seguiu: “Acho que o hip-hop fez mais pelas relações sociais do que a maioria dos ícones da cultura. O discurso de Martin Luther King nos fez perceber muitas coisas, a eleição do presidente Barack Obama também, mas o impacto da música, do hip-hop, mais especificamente, não influencia apenas as crianças das áreas urbanas; ela influencia as pessoas em todo o mundo”.

Jay Z também argumenta que o público de uma casa de shows na atualidade é o retrato nítido de como os movimentos pelos direitos civis foram vitoriosos. “Se você olhar a plateia e lembrar como ela se tornou integrada – antes, as pessoas se divertiam em clubes separados, havia os de hip-hop, os de techno – e agora as pessoas se divertem juntas.”

“Uma vez que você tem pessoas dançando, se divertindo, cantando juntas a mesma música, a interação flui normalmente após isso e, com o diálogo, nós descobrimos que somos mais parecidos do que distintos”, conclui Jay Z.

+ sobre o tema

O julgamento das cotas no STF: Balanço de uma vitória histórica

A argumentação anti-cotas reeditou várias falácias, mas o STF...

Jovens são presos por racismo após suicídio de aluno negro

Pixações racistas foram encontradas na escola e em um...

Racismo é um impedimento ao desenvolvimento econômico brasileiro

Durante muito tempo a “branquitude” – o privilégio que...

STF decide sobre validade de cotas raciais nesta quarta

Por: Marcelo Pellegrini   O Supremo Tribunal Federal...

para lembrar

Decisão que absolveu PMs diz que ouvir testemunhas era “irrelevante” para caso

Juíza afirmou que prova técnica que sobrepõe à testemunhal Do...

“O golpe vai ser dos pretos contra o racismo, contra as elites, não o contrário”

Encontro de estudantes da Uneafro contou com a presença...

Audiência aborda a igualdade e o combate ao racismo

Uma nova audiência foi marcada para dia 26 de...
spot_imgspot_img

Fifa apresenta pacote de medidas contra o racismo no esporte

A Federação Internacional de Futebol apresentou um pacote de medidas contra o racismo no esporte. O mundo do futebol está reunido em Bangkok, na Tailândia, onde...

Tragédia no Sul é ambiental, mas sobretudo política

Até onde a vista alcança, o Rio Grande do Sul é dor, destruição. E vontade de recomeçar. A tragédia socioclimática que engolfou o estado, além da...

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....
-+=