Jay Z comenta questões raciais nos EUA: “Preconceito é ensinado em casa”

Para o músico, o “hip-hop fez mais pelas relações sociais do que a maioria dos ícones da cultura”
por ROLLING STONE EUA

Master Class – série da apresentadora Oprah Winfrey – joga os holofotes sobre vários artistas, escritores, atores e músicos negros norte-americanos, para discutirem o movimento pelos direitos civis. No episódio mais recente, Jay Z falou sobre o papel que o hip-hop tem desempenhado na diminuição das tensões raciais nos Estados Unidos.

“Preconceito é ensinado em casa”, disse ele. “Acredito seriamente que o racismo é ensinado quando você é jovem”. Jay Z acrescentou: “Então é muito difícil ensinar racismo quando os seus filhos admiram Snoop Dogg”.

O rapper ainda seguiu: “Acho que o hip-hop fez mais pelas relações sociais do que a maioria dos ícones da cultura. O discurso de Martin Luther King nos fez perceber muitas coisas, a eleição do presidente Barack Obama também, mas o impacto da música, do hip-hop, mais especificamente, não influencia apenas as crianças das áreas urbanas; ela influencia as pessoas em todo o mundo”.

Jay Z também argumenta que o público de uma casa de shows na atualidade é o retrato nítido de como os movimentos pelos direitos civis foram vitoriosos. “Se você olhar a plateia e lembrar como ela se tornou integrada – antes, as pessoas se divertiam em clubes separados, havia os de hip-hop, os de techno – e agora as pessoas se divertem juntas.”

“Uma vez que você tem pessoas dançando, se divertindo, cantando juntas a mesma música, a interação flui normalmente após isso e, com o diálogo, nós descobrimos que somos mais parecidos do que distintos”, conclui Jay Z.

+ sobre o tema

para lembrar

Onde estão os jornalistas negros na imprensa esportiva brasileira?

por: Ricardo Riso     Um dado deve estar...

Reitoria segue ocupada, e UFSM instaura sindicância para investigar racismo

Na última semana, foram observadas em uma sala de...

SP: polícia reconstitui agressão a vigilante negro em mercado

Vítima participou da reconstituição no supermercadoFoto: Marcos...

Primeira bebé do ano em Viena é alvo de ataques xenófobos

Às primeiras horas de vida, Asel já era vítima...
spot_imgspot_img

‘Fui um menino negro criado por avós supremacistas brancos que me ensinaram a saudação nazista’

Shane McCrae é um consagrado poeta norte-americano. Ele foi premiado diversas vezes, publicou uma dezena de livros e é professor de redação criativa da...

Empresa de Jay-Z agencia Vinicius Jr. e vê Brasil como país que mais oferece jogadores de alto nível

"Ei, Jay-Z. Te esperando no Brasil!", escreveu Vinicius Junior no Twitter. Não foi espontâneo, apenas um passo de marketing. Mas a postagem, feita na última...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...
-+=