Justiça condena mulher que cometeu crime de injúria racial contra Olívia Santana

O Tribunal de Justiça da Bahia condenou pelo crime de injúria racial a ré Neilda Giroldelli, responsável por atacar a então secretária Olívia Santana durante uma festa no Hotel Catussaba em 2018.

Por Mari Leal, do Bahia Notícias

Olívia Santana (Foto: Paulo Victor Nadal/Bahia Notícias)

Neilda foi condenada a 2 anos e 7 meses de reclusão, e a juíza substituiu a pena por duas restrições de direitos, que consiste em prestação de serviços a comunidade, em local a ser definido pelo juízo de execução, e limitações durante os finais de semana. A indicação do trabalho social deverá atender, preferencialmente, entidade de assistência à população afrodescendente

A outra ré, Eutalia Moraes de Araújo, aceitou a proposta do Ministério Público, para conceder cestas básicas para uma instituição e obteve a suspensão condicional por 2 anos, desde que cumpra o acordo.

“Estou satisfeita com a punição. Quando denunciei o meu objetivo não era vingança, era justiça. Espero que essa senhora nunca mais fira ninguém como feriu a mim, naquele dia terrível. Espero que ela reflita, se reeduque e não seja mais instrumento de reprodução do racismo”, declarou Olívia.

Em fevereiro de 2018, Olívia participava do evento ‘Folia do Batom’, a convite da vice-presidente da Federação Nacional de Automobilismo, Selma Moraes, quando uma mulher apertou a sua mão e disse que ali não era seu lugar. “Essa senhora que aparece na foto dirigiu-se a mim como se fosse me cumprimentar. Ela apertou fortemente a minha mão, ignorando meus apelos para que soltasse. Disse em tom de acusação que sou uma ‘comunista’ e por isso não deveria estar no Hotel Catussaba. Gritava que eu tinha que voltar para a favela”, contou à época (releia aqui).

+ sobre o tema

CPI que investiga violência contra jovens negros e pobres ouve agentes de segurança pública

Audiência Pública será realizada nesta terça-feira (09), às 14h30,...

Juventude brasileira grita contra genocídio de jovens negros

Realidade que atinge jovens negros foi diagnosticada em...

para lembrar

A minha resistência não será tão sutil quanto o seu racismo

Jogadoras Cubanas do time de vôlei do Usiminas foram...

Mãe perde guarda das filhas por ‘descender de escravos’

De acordo com o Movimento Negro Unificado, ação do...

STF Terá 20% das Vagas de Concursos para Negros

Segundo o texto da resolução assinada nesta quarta-feira 18...
spot_imgspot_img

Presos por racismo

A dúvida emergiu da condenação, pela Justiça espanhola, de três torcedores do Valencia por insultos racistas contra Vini Jr., craque do Real Madrid e da seleção brasileira. O trio...

Formação territorial do Brasil continua sendo configurada por desigualdades, diz geógrafo

Ao olhar uma cidade brasileira é possível ver a divisão provocada pela segregação espacial no território, seja urbano, seja rural. A avaliação é fruto...

Família de João Pedro protesta contra decisão que absolveu policiais

Os parentes do adolescente João Pedro, morto por policiais civis durante uma operação na comunidade do Salgueiro, em São Gonçalo, no Grande Rio, em...
-+=