Keila Costa garante o bronze para o Brasil no Mundial de Doha; Jadel é sexto

Com dois saltos de 6,63 m conseguidos na primeira e na última tentativas, a brasileira Keila Costa garantiu a medalha de bronze para o Brasil na prova de salto em distância, finalizada neste domingo no Mundial Indoor de Doha, a competição de atletismo mais importante do ano.
 
Keila disputou a medalha até a última rodada com a estoniana Ksenija Balta, que conseguiu os mesmos 6,63 m, mas perdeu a medalha no desempate, já que a brasileira fez a marca duas vezes.
 
“Eu já estava muito feliz em ter chegado à final. Depois que vi as marcas das outras atletas vi que tinha chances e foi assim até o último salto, quando consegui desempatar. Você começa a lembrar de tudo, dos treinamentos e de coisas que ninguém sabe. A recompensa está aí”, disse em entrevista ao canal Sportv.
 
A atleta se garantiu na final ao ficar em sétimo lugar na prova de qualificação, com 6,48 m logo no primeiro salto. Keila já havia sido finalista nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008 e nos Mundiais de Osaka-2007 e Berlim-2009.
 
Bridge Reese, dos Estados Unidos, saltou 6,70 m ficou com o ouro e Naide Gomes, que foi a melhor nas qualificatórias, falhou no último salto e terminou com 6,67 m, perdendo o primeiro lugar.
 
O triplista Jadel Gregório fechou a participação brasileira no Mundial Indoor de Doha sem conseguir medalha. O brasileiro terminou a final do salto triplo na sexta posição desperdiçando três tentativas, que ele queimou. Das outras três restantes, Jadel conseguiu 16,60 m, 16,78 m e 16,69 m.
 
Na qualificatória, o saltador fechou a prova em quarto lugar sem alcançar a distância mínima exigida pela Federação Internacional de Atletismo para a classificação à próxima fase (16,95 m), mas foi beneficiado pelo rendimento dos rivais e chegou à decisão.
 
“Está tudo excelente, meu físico, minha força. Mas tenho tidos muitos erros na parte técnica. Dentro das condições que tenho para treinar no Brasil, acho que está ótimo esse resultado”, afirmou.

Fonte: UOL

+ sobre o tema

Barça bate Milan, mas é Ronaldinho Gaúcho quem leva troféu para casa

Na volta ao Camp Nou, craque é ovacionado pela...

Literatura Africana Contemporânea

A literatura africana contemporânea não tem recebido, especialmente...

MODA E ARTE AFRO – Artes Visuais da Bahia

  Washinton José, o Yosh, é apontado como uma das...

A Natureza e seus significados entre adeptos das Religiões Afro-Brasileiras

  As religiões afro-brasileiras são reconhecidas como religiões de matriz...

para lembrar

Noites das lágrimas em África uma conversa com o escritor Marcelo Aratum

Para falar da minha experiência é nada mais que...

Serena Williams vence em Brisbane, mas torce o tornozelo esquerdo e abandona o torneio

A americana Serena Williams, que fazia estragos no WTA...

Nneka – Cantora nigeriana em uma viagem de reggae, rap, jazz, funk, trip hop, soul

Cantora nigeriana radicada na Alemanha lança segundo disco, "No...

Pelé atinge marca de 100 mil seguidores em apenas quatro horas no Twitter

Pouco mais de quatro horas depois de inaugurar sua...
spot_imgspot_img

Jamaicano de 16 anos bate recorde de Bolt que durava desde 2002

A Jamaica tem uma nova promessa no atletismo. O jovem Nickecoy Bramwell, de 16 anos, quebrou um recorde de Usain Bolt que durava desde...

Rebeca Andrade lidera Brasil à prata por equipes no Pan-Americano

Rebeca Andrade estreou com uma medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos. Neste domingo, a campeã olímpica liderou o Brasil ao pódio por equipes em...

Queniano Kelvin Kiptum quebra recorde da maratona em Chicago

O corredor queniano Kelvin Kiptum venceu a Maratona de Chicago, na manhã deste domingo (8), completando o percurso de 42,195 quilômetros pela cidade americana em duas...
-+=