sexta-feira, novembro 26, 2021
InícioÁreas de AtuaçãoComunicaçãoLaerte vence Prêmio Vladimir Herzog por charge sobre Paraisópolis publicada na Folha

Laerte vence Prêmio Vladimir Herzog por charge sobre Paraisópolis publicada na Folha

A cartunista Laerte, 69, venceu o prêmio de melhor arte do 42º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos com a charge “Infernópolis”.

Publicada na Primeira Página da Folha em 3 de dezembro de 2019, a charge faz um retrato da ação policial em um baile funk que terminou com nove mortos em Paraisópolis, em São Paulo. A criação mostra a comunidade cercada pela polícia.

Neste ano, Laerte comemora 50 anos de carreira e foi também uma das homenageadas da edição do Prêmio Vladimir Herzog ao lado do jornalista Luiz Gama (1830-1882) e da filósofa Sueli Carneiro.

Criadora de personagens icônicos como Piratas do Tietê, Hugo Baracchini, Deus e Overman, Laerte publica charges na Folha desde 2014 e quadrinhos regularmente desde os anos 1980, entre eles, as tirinhas de “Los 3 Amigos” e do personagem Hugo Barachhini.

Premiada, a cartunista venceu o 1º Salão de Humor de Piracicaba, de 1973, quando passou a expor seu engajamento político. Laerte também já levou quatro estatuetas na mesma edição do HQ Mix, o Oscar dos quadrinhos brasileiros, em 2008. Atualmente é comprometida com a causa LGBT e fundou a Abrat (Associação Brasileira de Transgêneros).

RELATED ARTICLES