Guest Post »
MP determina novo prazo para Polícia Civil identificar culpados de racismo em Jogos Jurídicos
Créditos da foto: Reprodução/ Redes Sociais

MP determina novo prazo para Polícia Civil identificar culpados de racismo em Jogos Jurídicos

A pedido da delegacia de Petrópolis, RJ, a promotoria concedeu 90 dias, a contar do dia 5 de julho, para que investigações sejam concluídas.

Do G1

Casca de banana foi jogada contra aluno negro da UCP (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Dois meses após denúncias de racismo envolvendo alunos da atlética da PUC-Rio, nos Jogos Jurídicos, em Petrópolis, contra estudantes negros das universidades UFF, Uerj e Universidade Católica de Petrópolis (UCP), o Ministério Público determinou que a polícia terá 90 dias, a contar do dia 5 de julho, para identificar os culpados.

A polícia enviou o inquérito ao MP no dia 5 de julho de 2018, mas pediu novo prazo para concluir as investigações. A promotora de Justiça Maria de Lourdes Féo Polonio, da Promotoria de Investigação Penal de Petrópolis, é a autora da ação.

Pelo menos 10 pessoas prestaram depoimento sobre o caso na 105ª DP (Petrópolis). Uma delas foi o estudante de direito da UCP, Maicon da Silva Nascimento, 26, atingido por uma casca de banana depois da partida entre estudantes da PUC-Rio e UCP, que foi campeã estadual no futebol de campo.

Maicon, que é aluno do 7º período de direito da UCP (Universidade Católica de Petrópolis), registrou a ocorrência na 105ª DP.

“Não quero ser vítima, não quero e não preciso de ninguém com pena de mim. Mas atos racistas não passarão despercebidos”, disse o aluno.

Durante o evento, além do episódio da banana, alunos da PUC imitaram macacos diante de torcedores negros da Uerj e chamaram uma atleta de handebol da UFF de macaca.

Na ocasião, a Liga Jurídica Estadual do Rio de Janeiro puniu a Atlética de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Puc-Rio) depois duas denúncias de racismo envolvendo alunos da faculdade de direito durante os Jogos Jurídicos.

O caso gerou repercussão nas redes sociais. Universidades fundadoras da Liga, responsável pelos Jogos Jurídicos Estaduais do Rio de Janeiro, publicaram uma nota da organização de repúdio aos casos de racismo e enumerando as punições aplicadas à PUC do Rio.

A Vice-Reitoria para Assuntos Comunitários e o Departamento de Direito da PUC-Rio decidiram constituir Comissão Disciplinar para averiguação das informações.

Artigos relacionados