Outubro Rosa: desafios na luta contra o câncer de mama em mulheres idosas

Enviado por / FonteG1, por AAP-VR

Conscientização, prevenção e acesso a cuidados médicos são fundamentais para a saúde das mulheres na terceira idade

No cenário da campanha Outubro Rosa, que tem como missão a conscientização e promoção da saúde da mulher, um grupo específico necessita de atenção especial: as idosas. O câncer de mama, um dos tipos mais comuns da doença no Brasil e no mundo, apresenta desafios únicos quando se trata das mulheres idosas. Neste contexto, é determinante destacar a relevância da prevenção, do diagnóstico precoce e do acompanhamento médico.

O câncer de mama, que se manifesta muitas vezes de forma silenciosa, não apresenta uma única causa, mas sim uma série de fatores de risco. A idade é um dos principais deles, já que a maioria dos casos ocorre após os 50 anos. Além disso, o sedentarismo, a obesidade e o consumo excessivo de álcool estão associados ao aumento do risco. O envelhecimento populacional é um elemento significativo no aumento da incidência desse câncer, e a longevidade, embora um motivo de celebração, também representa um desafio na luta contra a doença.

A situação que mais preocupa é o elevado número de óbitos entre as mulheres com mais de 70 anos diagnosticadas com câncer de mama. Estatísticas revelam que, em média, metade dessas mulheres não sobrevive à doença. O tratamento bem-sucedido é mais difícil nessa faixa etária, e dois fatores estão diretamente relacionados a isso: o atraso no diagnóstico e a omissão de tratamentos.

A descoberta tardia, uma preocupação crucial, é evidenciada pelo fato de que muitas mulheres idosas não fazem mamografias de rotina e, frequentemente, não relatam sintomas mamários, como nódulos. Isso resulta em uma detecção em estágios avançados, reduzindo substancialmente as chances de tratamento eficaz.

Entretanto, há medidas que as mulheres idosas podem tomar para proteger sua saúde. O autoexame de mama é uma delas e deve ser realizado mensalmente, permitindo que as mulheres estejam atentas a quaisquer alterações em suas mamas. Além disso, a mamografia, recomendada a partir dos 40 anos, potencializa significativamente as chances de diagnóstico precoce e resultados positivos.

Consultas médicas regulares são fundamentais quando o assunto é prevenção, bem como adotar um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada, prática de atividade física e a eliminação do tabagismo e do consumo demasiado de álcool. Compartilhar informações sobre o câncer de mama desempenha um papel vital para que mais pessoas sejam alertadas. A conscientização é uma ferramenta poderosa e pode salvar vidas.

Neste Outubro Rosa e durante todo o ano, as mulheres podem contar com o apoio da equipe médica especializada do grupo AAPVR. Com ginecologistas e mastologistas, além de convênios para exames especializados, a entidade oferece suporte médico de alta qualidade para mulheres de todas as idades.

A conscientização, a prevenção e o acesso a cuidados médicos exercem função essencial na proteção da saúde das mulheres, principalmente daquelas na terceira idade. O Outubro Rosa é um momento para unir esforços e garantir um futuro mais saudável para todas as mulheres. Afinal, a saúde vale muito.

Acesse: https://www.aapvr.org.br/
Facebook: AAP-VR
Instagram: @aap_vr
YouTube: @AAPVROFICIAL

Conheça as unidades:

– Sede Administrativa: Rua 35, nº 112, Vila Santa Cecília, Volta Redonda
– Barra do Piraí: Rua Cristiano Otoni, nº 206, Centro
– Pinheiral: Rua José Gomes da Silva Junior, nº 135, Centro
– CISA (Centro Integrado de Saúde e Assistência): Rua 535, nº 835, Nossa Senhora das Graças, Volta Redonda

+ sobre o tema

Grupo estabelece urgência no combate ao racismo global

Geledés – Instituto da Mulher Negra realizou nesta terça-feira,...

Não bastam as vozes da ciência e da saúde: é preciso ouvir as mulheres

Ativista do movimento negro, Jurema Werneck defende que é...

Átila Roque e a defesa dos direitos humanos no Brasil

O historiador e diretor-executivo da Anistia Internacional no Brasil,...

Covid-19: 3,7 mil crianças de até 10 anos testaram positivo no DF

Desde o primeiro diagnóstico do novo coronavírus no Distrito...

para lembrar

Programa de comunicação abre edital para Curso de Multimídia

Geledés - Instituto da Mulher Negra abre edital para...

MP diz que ‘nome sujo’ não pode barrar contratação de empregado

Fonte: G1 -   Quem se sentir prejudicado pode...

Empreendedorismo e Mercado Afro

O mercado afro-brasileiro é um segmento de público que...

Contra a vontade de Boninho, mundo real insiste em bater à porta do “BBB”

Vencido por Marcelo Dourado, o "BBB10", exibido em 2010,...
spot_imgspot_img

Anemia falciforme: 1º paciente no mundo inicia terapia genética contra a doença

Na quarta-feira, Kendric Cromer, um menino de 12 anos de um subúrbio de Washington, tornou-se a primeira pessoa no mundo com doença falciforme a...

‘Geração ansiosa’: transtornos mentais em crianças que vivem grudadas no celular aumentam no mundo todo

Veja o vídeo da matéria Crianças e adolescentes do mundo todo estão em perigo. É o que diz o livro “A geração ansiosa”, do psicólogo...

Unicef lança campanha para reforçar o combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

No último sábado (18) foi celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Em um esforço...
-+=