Paraíba terá audiência e lançamento de pesquisa sobre racismo e violência contra quilombos

Eventos buscam fortalecimento de direitos de comunidades tradicionais

Do MPF

Arte: Romulo Arruda

Dentro das ações relacionadas ao #NovembroQuilombola, o Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba sediará audiência e lançamento do relatório da pesquisa ‘Racismo e Violência contra Quilombos no Brasil (2018)”, produzido pela Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq) e pela ONG Terra de Direitos. O evento será realizado em 6 de dezembro de 2018, no auditório do MPF, em João Pessoa, e terá a presença de integrantes das 42 comunidades quilombolas espalhadas por 26 municípios em todo estado, além de autoridades que atuam na temática.

A pesquisa revela que, entre 2008 e 2017, 29 quilombolas foram assassinados na região Nordeste. Os dados do estudo foram obtidos por meio de técnicas específicas de amostragem e pesquisa documental no acervo da Conaq, em jornais, redes sociais e outras publicações. O trabalho realizado pelo Conaq e Terra de Direitos, teve parceria do Coletivo de Assessoria Jurídica Joãozinho de Mangal e da Associação de Advogados de Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais da Bahia (AATR), com apoio da Ford Foundation e Open Society Foundations.

Promovida com o apoio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, órgão do MPF na Paraíba, a audiência será composta de três mesas e terá a participação de lideranças quilombolas no estado, representantes de instituições do poder público nas esferas estadual e federal, universidades, movimentos sociais e organizações não governamentais. A audiência tem apoio da Conaq, do Coletivo de Assessoria Jurídica Joãozinho de Mangal, do Centro Acadêmico Manoel Mattos (Camm), da Associação de Apoio aos Assentamentos e Comunidades Afrodescendentes da Paraíba (Aacade) e da Coordenação Estadual das Comunidades Negras e Quilombolas da Paraíba (CEQNQ).

Documentário – No dia 5 de dezembro, a partir das 18h, será ministrada a “Aula Quilombo Re-Existe” no Departamento de Ciências Jurídicas da UFPB, do Campus de Santa Rita (PB), na região metropolitana de João Pessoa. Durante a aula, também será lançado o relatório da pesquisa ‘Racismo e Violência contra Quilombos no Brasil (2018)” e haverá a exibição do filme “Quilombo Rio dos Macacos”, um documentário de longa-metragem, com duas horas de duração, que trata da luta da comunidade quilombola Rio dos Macacos pela garantia da propriedade da terra de uso tradicional, na Bahia, reivindicada pela Marinha do Brasil. Produzido em 2017, o documentário denuncia graves violações de direitos humanos e registra com imagens reais os conflitos e negociações. O campus localiza-se na rua Barão Adauto Lúcio Cardoso, 14, Santa Rita (rua paralela à BR-230, sentido Santa Rita-João Pessoa).

Diálogo com equipe de transição – Nos dias 20 e 21 de novembro, em Brasília, a Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal (6CCR) realizará a mesa de diálogo “Novo Governo e os Direitos Coletivos”. O objetivo é promover um debate entre representantes da equipe de transição do governo eleito para a Presidência da República e membros do MPF a fim de discutir as políticas públicas em curso e os direitos de populações indígenas, quilombolas e comunidades tradicionais. Pela Paraíba, participará o procurador regional dos Direitos do Cidadão, José Godoy Bezerra de Souza. Os resultados da discussão serão divulgados posteriormente.

Dia da Consciência Negra –  Instituído oficialmente em 2011 pela Lei Federal 12.519, o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra foi escolhido para coincidir com a data provável do falecimento do líder negro Zumbi dos Palmares, em 1695. O dia 20 de novembro é feriado em cinco estados e em mais de mil municípios, por força de decretos e de leis estaduais e municipais.

Com informações da Secom/PGR

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República na Paraíba
Fone Fixo: (83) 3044-6258
Celular1: (83) 99132-6751
Celular2: (83) 99116-0433
No Twitter: @MPF_PB

+ sobre o tema

Martinho da Vila: Valeu, Zumbi! Viva Angola!

Para os que veneram o Rei do Quilombo dos...

Vencedora do The Voice, Ellen Oléria emociona em show da Banda Eva

Vencedora do The Voice, Ellen Oléria emociona em show...

Ildi Silva estrela nova campanha da L’Oréal Paris

A atriz Ildi Silva é nova garota-propaganda da L’Oréal...

para lembrar

Lançamento do livro Filha do Fogo – Elizandra Souza

Mjiba apresenta: Lançamento do livro  Filha do Fogo  -...

O movimento Black Rio: Desarmado e perigoso

por Texto Luciano Marsiglia O subúrbio do Rio fervia...

Pesquisa da UFRB encontra cartas de alforria em cartório de Santo Antônio de Jesus

Estudantes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do...
spot_imgspot_img

Diaspóricas 2: filme revela mundo futurista a partir do olhar de mulheres negras

Recém-lançado no Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA), em Goiás, no último dia 13 de junho, o filme “Diaspóricas 2” traz o protagonismo negro feminino e brasileiro...

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...

 Interprete da trilha sonora da novela Renascer, Xenia França participa do disco de José James

Vencedora do Grammy Latino de 2023 com seu disco "Em nome da Estrela" e intérprete da canção “Lua Soberana”, trilha sonora da novela Renascer...
-+=