Pastor faz congregação comer grama para “estar mais perto de Deus”

Um pregador neopentecostal africano fez sua congregação comer grama alegando que desta maneira eles estariam “mais perto de Deus”.

Desde 2002, o pastor Daniel Lesego é líder do Ministério Centro Raboni, em Garankuwa, ao norte de Pretória, uma das capitais da África do Sul. Suas mensagens polêmicas têm atraído críticas de milhares de pessoas, embora os membros testemunhem muitos milagres nos cultos.

Nos últimos dias, uma reportagem do jornal inglês Daily Mail mostrou que muitos membros da congregação acabaram passando mal ao passo que alguns alegavam terem sido curados após terem feito isso.

Segundo o Mail, o pastor teria ensinado que os seres humanos podem comer qualquer coisa para alimentar seus corpos. ‘Sim, nós podemos comer grama e estamos orgulhosos disso pois demonstra que é possível fazer qualquer coisa quando temos em nós o poder de Deus”, afirmou Rosemary Phetha, estudante de 21 anos que afirma ter sido curada.

Doreen Kgatle, 27, sofreu um derrame há dois anos. Ela testemunha: “Eu não podia andar, mas logo depois de comer a grama, como o pastor tinha ordenado, comecei a recuperar minhas forças e uma hora mais tarde, consegui andar de novo”.

Após a reportagem do Mail ser publicada, as fotos foram retiradas do Facebook. Contudo, é possível ver muitos outros relatos de curas e uma sequência grande de profecias para 2014. Também é possível ler dezenas de comentários críticos de pessoas que chamam o pastor de enganador e os milagres de “fraudes”.

 

 

Fonte: Gospel Prime

+ sobre o tema

As 5 mentiras sobre ser voluntário na África

“Você é um herói”, “não teria essa coragem” e...

A Nova Lisboa Africana. Jovens, talentosos e negros

Nina Simone terá pensado neles quando, em 1969, cantou...

Angolano morto a tiro no Brasil, à frente da filha de três anos

Walter Etna Duvall (na foto), angolano residente no Brasil...

Felwine Sarr na luta pela representação de África

Os africanos devem dominar a narrativa sobre si próprios...

para lembrar

Parlamento alemão lembra vítimas do genocídio em Ruanda

Merkel e o ministro do Exterior, Frank-Walter Steinmeier,...

O chute de Éder

Quando o número 9 português marcou o gol da...

20 personalidades negras pelas quais somos MUITO gratos este ano

Sejamos francos: 2016 foi um dos piores anos da...

Quadrigêmeos são aceitos juntos em Harvard e Yale e em outras universidades

A família Wade, de Ohio, nos Estados Unidos, recebeu uma...
spot_imgspot_img

Artista afro-cubana recria arte Renascentista com negros como figuras principais

Consideremos as famosas pinturas “A Criação de Adão” de Michelangelo, “O Nascimento de Vênus” de Sandro Botticelli ou “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci. Quando...

Com verba cortada, universidades federais não pagarão neste mês bolsas e auxílio que sustenta alunos pobres

Diferentes universidades federais têm anunciado nos últimos dias que, após os cortes realizados pelo governo federal na última sexta-feira, não terão dinheiro para pagar...

Exposição com fotos de imigrantes africanos em SP escancara racismo brasileiro

Terminado o genocídio em Ruanda, as tensões políticas se espalharam pelo continente africano, no prenúncio de mais uma crise humanitária, a Segunda Guerra do Congo....
-+=