Programa de capacitação de jovens LGBT+ tem inscrições abertas até 10 de maio

O Programa Embaixadorxs foi criado pela TODXS, organização que trabalha com o empoderamento da população LGBT+ brasileira

 Enviado para o Portal Geledés 

Com objetivo de identificar e capacitar uma nova geração de líderes LGBT+, a startup social sem fins lucrativos TODXS lançou o Programa Embaixadorxs. A iniciativa pretende conectar e capacitar jovens de 18 a 24 anos de todo país através de workshops sobre liderança, comunicação e empreendedorismo social.

O Programa é gratuito e consistirá em cinco meses de workshops de formação sobre grupos sub-representados no Brasil, com ênfase na questão LGBT+, e em capacitações práticas sobre empreendedorismo. As aulas serão ministradas por especialistas de cada área. Todos os treinamentos serão online e acontecerão a cada quinze dias. O objetivo é selecionar 26 pessoas para se tornarem embaixadores.

foto Jéssica Michels

“O TODXS Embaixadorxs é um projeto pioneiro, necessário e urgente no contexto de intolerância em que vivemos. A discriminação e o preconceito que assola o nosso país oprime violentamente os grupos sub-representados, criando um ciclo de exclusão e violência. O Brasil é o país mais homofóbico do mundo. Por aqui, uma pessoa LGBT+ é morta a cada 26 horas, segundo o Grupo Gay da Bahia”, afirma Tamila dos Santos, coordenadora de projetos de TODXS. “Logo, compartilhar conhecimento, e promover o desenvolvimento de projetos que possam mudar realidades, em conjunto com a juventude, é uma forma de atuar sobre este contexto para transformar os índices de violência nacional”, conclui.

Segundo o último Relatório de Violência Homofóbica no Brasil, de 2013, a população  entre a faixa etária de 18 a 24 anos foi a que mais sofreu violência no país, segundo as denúncias do disque 100. Essa é também a idade em que se desenvolvem a maior parte das descobertas pessoais e profissionais, o que justifica a atenção voltada a essa população. No entanto, quem estiver fora da faixa etária e quiser contribuir com a iniciativa pode entrar em contato com a organização.

Durante o programa, as pessoas participantes irão construir projetos que possam contribuir para a resolução de problemas. “Os jovens serão instigados a refletir acerca de suas realidades e analisar questões sociais existentes dentro de seu grupo de convívio e de sua comunidade, buscando assim perspectivas de intervenção em conflitos da comunidade LGBT”, explica Tamila.

A capacitação do Embaixadorxs termina em novembro com a realização da Conferência de Jovens Líderes, um encontro nacional entre as pessoas participantes, que acontecerá na cidade de São Paulo. O evento será palco para apresentação dos projetos desenvolvidos ao longo do programa e para estabelecer conexões relevantes na comunidade LGBT+. A estadia na capital paulista será paga pela organização. É possível ainda concorrer a bolsas de auxílio para arcar com as despesas das passagens.

As pessoas interessadas devem se inscrever no programa pelo site www.todxs.org/embaixadorxs até o dia 10 de maio. Basta preencher uma ficha cadastral e enviar um vídeo de 90 segundos. Aquelas que foram selecionadas farão em seguida uma entrevista online com parte da equipe TODXS. Entre os requisitos a serem analisados para a seleção estão interesse em se engajar com a causa LGBT+, boa comunicação e desejo de desenvolver projetos. O resultado deve sair até dia 30 de maio.

IN-PACTO

As pessoas participantes do Programa Embaixadorxs ainda poderão concorrer a um auxílio financeiro para colocarem em prática os projetos de empreendedorismo social que desenvolveram.

O programa IN-PACTO ainda está sendo elaborado e a ONG busca parcerias para desenvolvê-lo. O edital do programa será lançado em janeiro de 2018.

foto Jéssica Michels

TODXS

TODXS é uma startup social sem fins-lucrativos, criada em março de 2016, com objetivo de coletar e processar dados sobre a população LGBT+ e desenvolver iniciativas de alto impacto social, focadas em três pilares: sociedade, governo e empresas. A organização conta atualmente com 25 membros voluntários divididos em dez estados brasileiros e três países.

“TODXS foi criada a partir da inquietação de quatro pessoas inconformadas com a realidade das pessoas LGBT+ no Brasil. É uma comunidade que sofre com diferentes tipos de violência, que são institucionalizadas. O país é o que mais mata pessoas trans e travestis em todo o mundo. Ainda temos a discriminação de LGBTs em escolas, empresas e a representatividade no congresso nacional é baixíssima”, afirma William Mallmann, um dos fundadores da organização.

Além do programa Embaixadorxs, a startup mapeia problemas da comunidade LGBT+ no Brasil e recursos de apoio. A partir do próximo semestre, a organização irá lançar projetos de alto impacto social, como a criação de um aplicativo que irá compilar todas as leis existentes no Brasil de proteção à população LGBT+. O aplicativo, que poderá ser baixado gratuitamente, também irá mapear as organizações não-governamentais que apoiam a população e compartilhar dados sobre a comunidade LGBT+.

Em agosto, a organização irá realizar a primeira edição do TODXS Conecta, um evento inspirado no TEDx, que abrirá espaço para lideranças LGBT+ de empresas, governos, ONGs e movimentos juvenis brasileiros para trocar experiências, ações de inclusão, casos de sucesso. A organização ainda estuda o desenvolvimento de treinamentos sobre diversidade de gênero, sexual e inclusão para empresas e órgãos governamentais.

+ sobre o tema

Proibição da divulgação da homossexualidade na Rússia preocupa comunidade internacional

À semelhança do que ocorre em outros países, na...

Frases típicas de homofóbicos que se dizem amigos dos gays

Eliminado na última semana do reality show global "Big...

‘As Bahias e a Cozinha Mineira’ e a discussão de gênero nos espaços públicos

A música é uma grande aliada para discutir padrões,...

para lembrar

Laços afetivos são fortalecidos no Presídio Santa Luzia

Reeducandas participam de ação humanizada alusiva ao Dia das...

O que nos une

O Quero Prévias convida para debate programático O QUE NOS UNE, no...

Que pito foi esse?

Este artigo se propõe analisar a partir da fala...

IV Marcha do Empoderamento Crespo de Salvador 2018

Estamos em contagem regressiva para a Marcha do Empoderamento...
spot_imgspot_img

Em 2022, apoiem escritores negros… mas apoiem de verdade!

Antes mesmo de me lançar oficialmente como escritora, eu já consumia e divulgava o trabalho de autoras e autores negros. Hoje em dia, com...

Arrimo

Arrimo. Repete essa palavra, experimenta as silabas saindo uma a uma da sua boca (AR-RIMO). Sente a sonoridade. ARRIMO, que palavra esquisita é essa...

Rendendo o assunto sobre: como ser “arrimo” de família sem se comprometer financeiramente?

Eu que até então nunca tinha parado pra pensar que minhas mais velhas poderiam  ter vivido, ouvido, ou criado contos de fadas, além dos...
-+=