Programa Erasmus oferece bolsas integrais na Europa

Iniciativa funciona em parceria com instituições de ensino superior de mais de 30 países

O Erasmus, programa promovido pela União Europeia para fomento a educação, formação, apoio a juventude e esportes, está com inscrições abertas para a edição 2024/25 do Erasmus Mundus Joint Master Degree (EMJMD).

Estudantes que desejam fazer um mestrado internacional, vindos de qualquer lugar do mundo, podem concorrer a bolsas de estudo integrais em diversas universidades europeias.

O Erasmus funciona em parceria com instituições de ensino superior de mais de 30 países. O programa fornece financiamento de bolsas de estudo para cursos de mestrado e doutorado com duração de 12 ou 24 meses.

Após selecionados, os bolsistas realizam as aulas do curso em dois países diferentes do país de origem.

O que as bolsas Erasmus incluem

Os estudantes selecionados pela Erasmus Mundus Joint Master Degree receberão:

  • Um auxílio financeiro mensal de € 1.100 (R$ 6.032) ou €1.200 (R$ 6,580) mensais;
  • Pagamento das taxas das universidades que receberão o estudante;
  • Subsídio para viagens, incluindo as de ida e volta.

Caso o aluno deseje, pode solicitar visto de trabalho após a conclusão de um mestrado ou doutorado.

Como se inscrever

Cada programa de mestrado possui requisitos próprios para entrada. O site de cada programa oferece todas as informações necessárias e um guia para a inscrição. Confira aqui o catálogo com todas as universidades participantes. Neste link, você pode checar quais tipos de documentos as instituições podem solicitar. 

Os candidatos devem apresentar comprovante de proficiência em inglês emitido pelo IELTS (pontuação mínima de 6,5) ou TOEFL.

Há alguns programas que também aceitam o Duolingo English Test Proficiency, como uma alternativa que permite realizar o teste em casa. Entretanto, é necessário confirmar previamente se sua universidade aceita este exame.

+ sobre o tema

“Monteiro Lobato usava a literatura para promover o racismo”, afirma escritora Ana Maria Gonçalves

O apresentador Marcelo Tas conversa com a escritora Ana Maria Gonçalves no Provoca desta terça-feira...

Seduc-SP oferece cursos de inglês, espanhol, Libras e mais

Os Centros de Estudos de Línguas da Secretaria da Educação...

Inscrições para o Enem 2024 começam hoje

Começa nesta segunda-feira (27) e vai até 7 de...

para lembrar

Fuvest divulga lista de aprovados em 2ª chamada no vestibular 2010

A Fuvest, fundação que organiza o vestibular da USP...

Sergipe: Governo promove o VI Fórum Off-line do Programa Cidadania e Paz nas Escolas

O Governo do Estado de Sergipe, através da Secretaria...

Brasileiros não reconhecem sua identidade racial

Estudo realizado no Departamento de Linguística da Universidade de...

Por que a USP não tem cotas raciais?

Precisamos derrubar os portões que impedem negros, indígenas e...
spot_imgspot_img

Estratégias de Promoção da Equidade Racial e de Gênero na Educação Básica

No dia 05 de junho de 2024, das 09h00 às 18h00, Geledés - Instituto da Mulher Negra realizará em sua sede, o seminário "Estratégias...

“Monteiro Lobato usava a literatura para promover o racismo”, afirma escritora Ana Maria Gonçalves

O apresentador Marcelo Tas conversa com a escritora Ana Maria Gonçalves no Provoca desta terça-feira (28). Monteiro Lobato é pauta do programa. Tas pergunta sobre o impacto das obras dele em diversas...

Projeto SETA reforça importância da aprovação de texto elaborado na Conferência Nacional de Educação (Conae), que inclui educação antirracista e ação para a equidade...

O Projeto SETA, iniciativa realizada pela ActionAid, cujo objetivo é transformar a rede pública escolar brasileira em um ecossistema de qualidade social antirracista, acompanha de perto...
-+=