Religiões de matriz africana fazem ato contra intolerância

Objetivo é fazer uma vigília para sensibilizar o Judiciário sobre o direito constitucional pela liberdade religiosa

Do Tribuna Hoje 

Nesta sexta-feira, dia 04 de dezembro, às 9hs, religiosos de matriz africana estarão realizando um ato público em frente ao Fórum da Capital, situado no Barro Duro, em Maceió. O objetivo é fazer uma vigília para sensibilizar o Judiciário sobre o direito constitucional pela liberdade religiosa, a liberdade de culto, o combate à intolerância religiosa e a luta pelo respeito às manifestações afro-culturais e as tradições culturais.

Apesar de estar valendo a decisão da prefeitura em garantir os espaços da orla de Pajuçara para os rituais em homenagem a Iemanjá, no próximo dia 08 de dezembro, os religiosos consideram que os grupo de evangélicos que reivindica a praça Multieventos para a realização de um show  pode acionar a justiça. Por isso eles temem alguma decisão judicial que favoreça os evangélicos.

+ sobre o tema

O meu cabelo crespo fazendo revolução dentro de uma organização militar

Por: Juliana Satrapi Sou branca com cabelo crespo. Quando era criança...

Victor Farinelli: Fabiana, a gravida passista, e o tribunal das redes sociais

SAMBANDO GRÁVIDA NO PAÍS DO INDIVIDUALISMO DE GÉRSON Na Revista...

A invisibilidade da estética negra: a dor do racismo sobre nossos cabelos

Não é novidade que a estética negra – expressão...

para lembrar

Minas Gerais: Contra intolerância religiosa e racismo na infância

Governo de Minas lança campanhas contra intolerância religiosa e...

Grupo multirreligioso de juristas é criado para combater intolerância

Por:Juliana Prado RIO - Representantes de várias religiões decidiram criar...
spot_imgspot_img

Na mira do ódio

A explosão dos casos de racismo religioso é mais um exemplo do quanto nossos mecanismos legais carecem de efetividade e de como é difícil nutrir valores...

Intolerância religiosa representa um terço dos processos de racismo

A intolerância religiosa representa um terço (33%) dos processos por racismo em tramitação nos tribunais brasileiros, segundo levantamento da startup JusRacial. A organização identificou...

Intolerância religiosa: Bahia tem casos emblemáticos, ausência de dados específicos e subnotificação

Domingo, 21 de janeiro, é o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Nesta data, no ano 2000, morria a Iyalorixá baiana Gildásia dos...
-+=