Guest Post »

Advogado negro afirma que sofreu racismo em pastelaria de SP

Depois de se negar a servir um prato, por falta de ingredientes, funcionários teriam cozinhado o mesmo pedido para outros clientes, segundo advogado

No R7

Advogado falou sobre o episódio e reafirmou: “com certeza foi racismo”
Reprodução/ R7

O advogado Flávio Roberto afirma que foi vítima de racismo junto de sua família em uma lanchonete na Avenida Paulista, centro de São Paulo. O caso veio à tona depois que ele postou um vídeo logo após o ocorrido, ainda dentro da pastelaria. As informações são da Record TV.

No vídeo, ele reclama do tratamento injusto que teria recebido, depois que os funcionários se negaram a cozinhar um yakisoba para ele, mas fizeram o mesmo prato para outros dois clientes que chegaram no local minutos depois. Na gravação, o advogado mostra estes clientes que teriam sido atendidos, ressaltando a cor branca da pele deles.

Ele também gravou os funcionários do local, que ficam em silêncio enquanto são gravados fazendo o prato pelo homem. “Com certeza foi racismo, não havia nenhuma discussão anterior que ele pudesse utilizar como motivo para ter se enraivecido, não houve nenhum problema com a forma de pagamento” , disse Flávio Roberto, que registrou um boletim de ocorrência sobre o caso.

Empresa pediu desculpas pelo episódio

A marca “Dona Maria”, da qual a lanchonete era franqueada, pediu desculpas aos clientes envolvidos, e afirmou que o caso foi isolado e que a empresa não “compactua com nenhum tipo de preconceito e discriminação”.

Segundo a nota, o dono da loja foi notificado para esclarecer o fato ocorrido e serão tomadas todas as medidas cabíveis.

Related posts