Guest Post »

Ato contra Jair Bolsonaro leva multidão às ruas de Fortaleza

Mulheres se reuniram na tarde deste sábado, 29, para manifestar repúdio ao candidato à Presidência

Do O Povo 

Foto: Aurélio Alves/O POVO

Ato de protesto contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) ocupou cerca de dez quarteirões da orla de Fortaleza neste sábado, 29. Majoritariamente composto por mulheres, a manifestação ocorreu em frente ao Centro Cultural Belchior, na região conhecida como Praia dos Crush.

O grupo seguiu em caminhada até a praça Almirante Saldanha (ao lado do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura), onde ocorreram mobilizações políticas e culturais. Ao longo do trajeto, as duas faixas da avenida Almirante Barroso ficaram ocupadas.

Organizado por meio de redes sociais, o evento convocou mulheres contrárias ao posicionamento do candidato para irem às ruas. “Não somos uma fraquejada! O Ceará não se curva!”, dizia na descrição do encontro no Facebook, em referência à fala do candidato sobre ter tido uma filha mulher após quatro homens.

Segurança

Na última sexta-feira, 28, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgou a estrutura de segurança prevista para o ato. Além de homens do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), houve reforço do Batalhão de Choque (BPChoque), do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e do Regimento de Polícia Montada (RPMont). Ambulância do Corpo de Bombeiros Militar do Estado deu suporte ao protesto.

Defensores públicos e advogados da Rede Nacional de Advogadas e Advogados Populares (Renap) também acompanharam o ato, assim como agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC).

Ruas da região foram patrulhadas. O perímetro de atuação contemplou as avenidas Presidente Castelo Branco (Leste-Oeste), Historiador Raimundo Girão, Almirante Barroso e Beira Mar, além das ruas dos Tabajaras, Almirante Jaceguai e Dragão do Mar.

Brasil e exterior

As manifestações de mulheres contra Jair Bolsonaro também ocorreram em outras cidades do Brasil e no exterior. No Ceará, houve registro de protestos em Sobral, Limoeiro do Norte, Jaguaribe e Canindé ao longo deste sábado.

No exterior, brasileiros se articularam e realizam atos em cidades como Auckland (Nova Zelândia), Berlim (Alemanha), Lisboa (Portugal), Genebra (Suíça) e Paris (França).

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

MUCB Exterior Paris #elenão #elenunca #elenao #elejamais #mulherescontrabolsonaro

Uma publicação compartilhada por Mulheres Unidas Ceará (@mulheresunidasce) em

Related posts