Atriz agredida por ex-diplomata diz que marido já fez mais vítimas

Cristiane Machado conta ter sido procurada por três mulheres que também sofreram maus-tratos

por Gustavo Goulart no O Globo

 

Pelo menos três mulheres que mantiveram relacionamentos com o ex-diplomata Sergio Schiller Thompson-Flores, foragido após ter tido a prisão preventiva decretada pela Justiça por tentativa de feminicídio contra a mulher, a atriz Cristiane Machado, procuraram a vítima para contar que também sofreram maus- tratos. Elas entraram em contato por telefone depois de assistirem à reportagem do “Fantástico”, da TV Globo, que exibiu, no domingo, imagens de agressões sofridas pela atriz

Cristiane e o ex-diplomata durante o casamento Foto- Reprodução : O Globo

, que instalou câmeras dentro do quarto do casal para flagrar as violências cometidas pelo marido. Nas cenas, é possível ver Thompson-Flores tentando enforcá-la com um fio de telefone.

Segundo Cristiane, uma das vítimas chegou a registrar queixa numa delegacia, mas acabou voltando atrás a pedido do ex-diplomata. Hoje, com a Lei Maria da Penha, não é mais possível que mulheres retirem queixa por agressões de seus companheiros.

A Delegacia de Capturas procura pelo ex-diplomata e já tem em mãos seis endereços, inclusive o de uma fazenda em São Paulo, onde ele poderia estar escondido. Raphael Mattos, advogado de Thompson-Flores, alega que seu cliente é inocente. Defende que as imagens captadas pela atriz foram editadas e diz que o ex-diplomata está aguardando decisão sobre um pedido de habeas corpus. Caso o recurso seja negado, diz, ele deverá se entregar à polícia.

O relacionamento entre a atriz e o ex-diplomata sempre foi conturbado. Eles se casaram em novembro do ano passado e logo depois veio a primeira agressão — um empurrão e um tapa no rosto. Em seguida, durante uma briga, Thompson-Flores, além de bater na mulher, quebrou a casa. Com medo, Cristiane procurou a polícia. Ele foi preso em flagrante, mas foi solto após pagar fiança, com a determinação de não se aproximar mais dela. Como o casamento no religioso já estava marcado, a atriz decidiu perdoar o marido. A violência, porém, não deu, segundo ela, trégua.

O advogado de Thompson-Flores contesta acusações de Cristiane. Segundo ele, há outro pedido de prisão contra o ex-diplomata por ele ter se aproximado da atriz, descumprindo medida protetiva. Mas, de acordo com Mattos, o encontro teria acontecido de comum acordo:

— Há muitas coisas a serem ditas à Justiça. Meu cliente não descumpriu ordem judicial de medida protetiva, ele esteve com a mulher a pedido dela. Chegaram a viajar para o Peru, para o Caribe.

Mattos diz que Cristiane faz acusações movida por interesses financeiros. Um contrato assinado pelo casal, homologado pela Justiça, prevê que a atriz, em caso de separação, receba R$ 400 mil. O documento estabelece ainda que, se houver traição ou agressão, o valor será acrescido de mais 200 salários-mínimos. O advogado Sylvio Guerra, que representa Cristiane, cobra agora na Justiça R$ 605 mil por conta da separação.

— Não consigo entender que relação tem o contrato com uma tentativa de feminicídio, de uma agressão sem limites — diz a atriz.

Juntas, aplicativo de Enfrentamento a Violência contra Mulher. Clique na imagem para acessar o JUNTAS

+ sobre o tema

Chacina de Campinas: nós, homens, precisamos discutir nossa masculinidade

Não chamem de tragédia, apenas. Foi uma tragédia, mas...

Mãe de adolescente que cometeu suicídio após ser estuprada divulga carta da filha

O caso da adolescente Cassidy Trevan, que cometeu suicídio...

Angelina Jolie pede mais esforços contra violência sexual em guerras

Atriz Angelina Jolie quer documentar crimes e apoiar processos,...

para lembrar

Valesca Popozuda relata relacionamento abusivo: ‘Muitas ameaças de morte’

Antes de alcançar o sucesso nacional, Valesca Popozuda passou...

Mulher raspa cabeça da filha que fez bullying com colega com câncer

Uma mãe raspou o cabelo da própria filha após...

40% das vítimas de violência contra a mulher são evangélicas

Os dados de violência contra a mulher são alarmantes,...

Professora acusa homem de estupro dentro de cinema de shopping em SP

Mulher de 35 anos alega que agressor tocou 'suas...
spot_imgspot_img

‘Não’ é ‘Não’, inclusive na igreja

No dia 29 de dezembro, o presidente Lula sancionou a lei do protocolo "Não é Não" (lei 14.786/2023), que combate violência e assédio sexual contra mulheres...

Lula sanciona lei que protege mulheres de violência em bares e shows

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a lei que cria o protocolo Não é Não, mecanismo de combate ao constrangimento e à...

Menina de 15 anos é vítima de estupro coletivo na noite de Natal; amigos são suspeitos, diz polícia

Uma adolescente, de 15 anos, foi estuprada na madrugada de Natal, 25 de dezembro, em Campo Grande (MS). De acordo com a polícia, os suspeitos...
-+=