AzMina produz conteúdo especial para a campanha Ela Decide

A Revista AzMina produziu, em parceria com o Fundo de População da ONU, conteúdo sobre saúde sexual, reprodutiva e direitos voltados a jovens mulheres. Ao longo das próximas semanas, serão divulgados no site e redes sociais da revista e da campanha Ela Decide cards, vídeos e reportagens sobre temas como sexo, escolha, métodos contraceptivos, primeira relação sexual e assédio.

A campanha Ela Decide Seu Presente e Seu Futuro , por meio da qual a parceria está sendo realizada, desde 2018 busca sensibilizar jovens mulheres para a tomada de decisões autônomas sobre sexualidade e vida reprodutiva, trabalhando questões como o momento de engravidar (ou não), quando, com quem e quantos filhos ter ou não ter, como conhecer o próprio corpo e as diferentes vivências da maternidade.

A Revista AzMina é uma organização da sociedade civil jornalística que trabalha conteúdos voltados a direitos humanos, igualdade de gênero e saúde reprodutiva de mulheres. “O Fundo de População da ONU está orgulhoso desta parceria e acreditamos que levaremos ainda mais longe a mensagem da campanha Ela Decide, aumentando a conscientização de meninas sobre seus direitos de escolha e decisão nas questões que envolvem seus próprios corpos, assim como influenciam seu futuro e suas jornadas pessoais e profissionais”, afirma a representante do UNFPA, Astrid Bant.

Acompanhe os conteúdos em:

Site: eladecide.org/
Facebook: @Ela Decide
Instagram: @eladecide
Twitter: @ela_decide

Site: azmina.com.br
Facebook: @revistaazmina
Instagram: @revistaazmina
Twitter: @revistaazmina

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 

+ sobre o tema

Fogo amigo: novo PLC 122 gera onda de protestos dentro da comunidade gay

"Não é o projeto ideal, mas também não temos...

Acampamento feminista: um chamado à solidariedade

Por: FÁTIMA OLIVEIRA   Está em toda a parte. É cada...

O traço e a marca de Luiza Bairros: um arquivo para o Dia Internacional da Mulher Negra

“O meu material é minha cabeça e meu gogó”. ...

Expulso de casa por ser gay, jovem divulga vídeo de briga com os pais

Pais evocam argumentos bíblicos para dizer que filho gay...

para lembrar

A banalização da vida diante da cultura do abandono e da morte

O ano de 2017 expondo as vísceras da cultura...

Serena, 40 anos: 5 fatos que tornam tenista campeã também fora das quadras

A tenista Serena Williams tem um currículo admirável como atleta: acumula...

O Dia da Mentira nada tem a ver com sociopatas da política

Não são doentes, apenas portam personalidades bandidas Por: Fátima Oliveira   Escrevo...

Violência contra as mulheres jovens

"As vezes a guria é estuprada, Texto de Ana Rita...
spot_imgspot_img

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Justiça brasileira não contabiliza casos de homotransfobia, cinco anos após criminalização

O STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizou a homotransfobia há cinco anos, enquadrando o delito na lei do racismo —com pena de 2 a 5 anos de reclusão— até que...

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...
-+=