Guest Post »

Banco é condenado a pagar R$ 20 mil a cliente por racismo

O Banco Itaú foi condenado a pagar indenização de R$ 20 mil a um homem pelo crime de racismo. A decisão do 9º Tribunal de Justiça de São Paulo, por unanimidade, deu ganho de causa a Geraldo Pereira da Silva Filho por danos morais.

Do Sidney Rezende

Geraldo entrou na agência e foi barrado na porta giratória, mas os seguranças não liberaram a trava mesmo o cliente demonstrando que não tinha nenhum objeto metálico em sua posse. Depois de conseguir ingressar no banco, ele recebeu atendimento normalmente, porém quando saiu policiais militares armados o abordaram, pois, segundo os autos do processo, eles teriam atendido ao alarme de assalto.

O cliente teve de colocar as mãos na cabeça, encostar na parede e ser revistado para provar que não havia roubado nada. O relator da ação judicial, Piva Rodrigues, disse que o cliente passou por constrangimento e que a abordagem policial foi inapropriada.

“Restou evidenciado que funcionários do banco criaram situação de extremo embaraço ao autor, que foi abordado como se criminoso fosse”, disse Piva Rodrigues

O Banco Itaú ainda não se pronunciou sobre o caso.

Related posts