Britânico é investigado por comentário racista contra Lily Allen

Um homem que se dizia soldado do exército do Reino Unido em seu perfil do Twitter está sendo investigado por postar um comentário racista na rede social sobre a possível adoção de uma criança africana pela cantora Lily Allen.

As Forças Armadas confirmaram nesta quinta-feira que estão examinando o caso. Na terça-feira, a cantora se dirigiu ao Ministério da Defesa em sua conta de Twitter para reclamar do comentário de Harry Wilson.

Em sua mensagem, o soldado disse que foi informado por alguma rede de televisão de que a Lily pensava em adotar uma criança africana. Esta notícia nunca foi confirmada oficialmente.

“Desejo o melhor para sua nova família, acabei de ver que você comprou merda, digo, adotou uma criança da África”, afirmou o jovem de 20 anos. A cantora, de 27 anos, retuitou o comentário e perguntou como ele poderia ser denunciado. Em seguida, dirigiu-se ao próprio exército e pediu providências.

Um porta-voz das Forças Armadas disse que a instituição “não tolera o racismo” e que investigará o caso. A conta de twitter do suposto soldado foi cancelada.

Lily Allen estaria grávida de seu segundo filho com o marido, Sam Cooper. Ethel Mary, o primeiro fruto da relação, nasceu em novembro do ano passado.

Por conta de outros comentários abusivos contra a artista, Lily disse que deixaria o Twitter por “alguns dias…Ou talvez durante horas”. A cantora é conhecida pelo uso frequente da rede social.

 

 

 

Fonte: Terra

+ sobre o tema

Adolescente denuncia mulher por agressão e injúria racial em Rio Preto

Um adolescente de 13 anos denunciou ter sofrido injúria...

Estudo mostra o impacto do fator racial materno no desenvolvimento infantil

O ganho de peso e o crescimento dos filhos está diretamente relacionado ao fator etnorracial...

para lembrar

Rodada contra Racismo

Neste final de semana, a Confederação Brasileira de Futebol...

Olivier Rousteing: ‘A moda é racista’

Único negro à frente de uma grife de luxo,...

Tribunal de Londres processa zagueiro John Terry por racismo

LONDRES, Reino Unido — O capitão da seleção inglesa...

Procon-SP notifica shopping após mãe denunciar racismo

O Procon-SP notificou ontem o Bourbon Shopping São Paulo...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=