Busca de Serra por vice vira piada

Problemas para definir o segundo integrante na chapa de Serra tornam-se prato cheio para humoristas. Partido diz que o nome não sairá na convenção deste sábado

 

A demora na escolha do nome do vice de José Serra (PSDB-SP) à Presidência da República transformou-se em brincadeira virtual. Até mesmo um “concurso cultural” em que o interessado deve escrever uma frase com motivos para ocupar a vaga foi lançado. O cartaz aponta, inclusive, os jurados: o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o senador Arthur Virgílio (PSDB) e o presidente do DEM, Rodrigo Maia. O nome do vice não deve ser anunciado na convenção do partido marcada para este sábado, em Salvador.

O presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), afirmou que a escolha será feita após o encontro que vai oficializar o nome de Serra. O senador já foi cotado para a vaga, mas garante que vai disputar a Câmara dos Deputados. Depois da negativa do ex-governador de Minas Aécio Neves (PSDB) para o cargo, novos nomes surgiram. Entre eles, o deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) e Tasso Jereissati (PSDB-CE). O PP negociava a indicação do senador Francisco Dornelles (PP-RJ). Entretanto, o nome dele agora apresenta restrições, já que foi autor da polêmica emenda que alterou o tempo verbal da proposta do Ficha Limpa no Senado. Serra vem minimizando a demora. Disse que o partido tem todo o mês de junho para definir um nome.

Cupido
O tucano é protagonista de charges que caíram na rede. Todas destacam a busca do ex-governador de São Paulo por um vice. Aproveitando o Dia dos Namorados, Serra aparece, em uma delas, vestido de Cupido, segurando um coração: “Procuro um vice”. Em outra, o tucano está sentado com caixas de chocolate ao lado. “Serra, esquece. Você já comeu um carregamento de kinder-ovo e nada”, diz um homem. O presidenciável responde: “Já falei. Só saio daqui quando encontrar um vice.” O kinder-ovo é conhecido por vir com uma supresa em seu interior.

Ontem, o tucano passou o dia em São Paulo e participou de encontro com representantes dos departamentos de psiquatria da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O pré-candidato criticou o Plano Nacional do Crack, lançado pelo governo Lula, e prometeu financiar internações de dependentes químicos em clínicas especializadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Há uma resistência à ideia de que se possa ter clínica especializada para dependente químico. Isso é considerado equivalente às questões de saúde mental, porque não se poderia segregar o doente mental de outros tipos de doença, mas os hospitais gerais não são bem equipados”, afirmou.

Ameaça de greve de fome no Maranhão
Diante da chance de o Diretório Nacional do PT fazer uma intervenção no Maranhão, o deputado Domingos Dutra (PT-MA) anunciou a realização de vigílias e greve de fome, caso a legenda desfaça o apoio ao candidato Flávio Dino (PCdoB-MA) ao governo do Maranhão. Depois de resolvida a pendência entre PT e PMDB em torno do candidato ao governo de Minas, Hélio Costa (PMDB), a cúpula petista vai se reunir no dia 11 para tratar da questão do Maranhão. Nos bastidores, integrantes da direção nacional afirmam que será anulada a decisão do encontro de 26 e 27 de março na qual os petistas, por 87 a 85 votos, decidiram apoiar Dino. Essa foi a maneira encontrada pela direção para avalizar a reeleição da governadora Roseana Sarney (PMDB) e atender à exigência do pai da governadora, José Sarney (PMDB).

Lula: Dilma ao caneco

Fã de comparações esportivas e apaixonado por futebol, pelo Corinthians e pela Seleção Brasileira, Luiz Inácio Lula da Silva surpreendeu ontem durante entrevista à rádio FM Jangadeiro, de Fortaleza (CE). Perguntado se preferiria o caneco na África do Sul ou a vitória na eleição presidencial para Dilma Rousseff, o presidente afirmou que ficaria com a pré-candidata petista. “A resposta vai fazer com que alguns adversários meus coloquem como manchete de jornal que ‘Lula não quer que a seleção ganhe o título’. Obviamente que eu prefiro que o candidato que eu apoio ganhe porque estou pensando é no Brasil para os próximos quatro, para os próximos oito anos”, respondeu Lula.

Em seguida, no entanto, o presidente mostrou que, para ele, não existe necessidade de fazer uma opção. “Agora, obviamente, a Seleção Brasileira vai ganhar. Eu fico analisando: não temos adversários. Não temos muitos adversários. Não tem muita novidade para a Copa do Mundo. Em 18 Copas, o Brasil sozinho ganhou quase que um terço”, ponderou o presidente, otimista com a equipe de Dunga.

Fonte: Correio Brasiliense

+ sobre o tema

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e...

para lembrar

O Dia: Sheila Ribeiro reafirma relato de Monica Serra

POR CHRISTINA NASCIMENTO Desmentida por José Serra, Sheila reafirma...

Lula diz que não se acomodará com título de ex-presidente

Presidente afirmou que vai trabalhar "que nem um desgraçado"...

Saiba os números de Dilma, Serra e Marina por região, segundo o Ibope

Instituto divulgou nova rodada de pesquisas nesta sexta, 30.Na...

Um relato minucioso do panelaço num bairro nobre de SP

Um leitor do DCM, Renato, mandou a mensagem abaixo...

Janja defende direito ao aborto legal, diz que projeto é ‘absurdo’ e afirma que Congresso deve garantir acesso ao SUS

A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, afirmou que do projeto de lei (PL) 1904, que quer colocar um teto de 22 semanas no acesso ao...

Saiba quem são os deputados que propuseram o PL da Gravidez Infantil  

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (12), a tramitação em regime de urgência do projeto de lei que equipara aborto acima de 22 semanas...

Com PL do aborto, instituições temem mais casos de gravidez em meninas

Entre 1º de janeiro e 13 de maio deste ano, foram feitas 7.887 denúncias de estupro de vulnerável ao serviço Disque Direitos Humanos (Disque...
-+=