Campinas: Eventos comemoram Mês da Consciência Negra

Além da mostra de artes, haverá um colóquio para professores

Como parte das atividades em comemoração ao Mês da Consciência Negra, será aberta em Campinas a I Mostra de Arte Afro-Brasileira e Indígena, no dia 9 de novembro.

O objetivo desta primeira edição do evento é dar enfoque a cultura material por meio da diversidade de itens que fazem parte do dia-a-dia dos povos indígenas e afro-brasileiros, buscando exibir as mais variadas soluções cênicas para retratar a beleza estética e a funcionalidade que cada povo imprimiu a seus artefatos.

Os curadores da mostra estão há mais de 15 anos desenvolvendo um trabalho de divulgação da cultura indígena e da arte popular através de atividades no Brasil e no exterior, acumulando ao longo de anos de estudos e pesquisas, inclusive de campo, consistência museológica e qualidade estética, possibilitando a realização de eventos voltados ao público estudantil, profissionais e visitantes.

Nesta edição de 2010, o evento disponibilizará um pequeno recorte da coleção particular de Rubem Pereira de Ávila que ao longo de três décadas vem colecionando valiosas peças que compõem várias exposições significativas sobre o tema.

Ávila destaca a influência desses povos para a riqueza cultural do país. “Sem dúvida, índios e afro-descendentes contribuíram muito para a cultura nacional, se caracterizando como um subproduto importante para nos identificarmos como brasileiros”, afirma.

O evento, uma organização da prefeitura, é gratuito e aberto a população.

A lei municipal 11.128/02 institui o dia 20 de novembro como Dia da Consciência Negra, feriado municipal em Campinas.

Colóquio

Já para os servidores da rede municipal de ensino será oferecido, nos dias 29 e 30 de novembro, o I Colóquio Temático Educar para Igualdade. Evento destinado, prioritariamente, aos servidores que atuam no Ensino Fundamental da Sme e na Educação de Jovens e Adultos (Eja), da Sme e da Fumec.

Serviço

I Mostra de Arte e Cultura Afro-Brasileira e Indígena
Local: Centro Cultural de Inclusão e Integração Social – CIS (antiga Estação Guanabara). Rua Mario Siqueira, 829, Botafogo
Inscrições: até 3 de novembro pelo e-mail [email protected]
Datas: de 9 a 17 e de 22 a 30 de novembro
Horários: 8h, 10h, 13h e 15h, de segunda a sexta-feira (exceto feriados)

Colóquio
Inscrições: até 3 de novembro pelo e-mail [email protected]
Data: 29 e 30 de novembro
Horário: das 19 às 21h30

Fonte: Campinas.com

+ sobre o tema

As discussões do GT Racismo e Saúde no 8º CBCSHS

Para o 8º Congresso de Ciências Sociais e Humanas...

História nos quadrinhos: Chibata!

“Chibata!” é um quadrinhos (ou graphic novel, se preferir) brasileiro...

para lembrar

Na Nigéria, bonecas ‘Rainhas da África’ desbancam a Barbie em vendas

Com a economia da Nigéria em ascensão e mais...

Amálgama – por Adriana Graciano

por Adriana Graciano para o Portal Geledés Para Wallace Nosso amor...

A ”papa-ouros” chegou: Simone Biles brilha e brigará por cinco títulos no Rio

Aos 19 anos, fenômeno dos Estados Unidos confirma expectativa...

Mário de Andrade

Mário Raul de Morais Andrade (São Paulo, 9 de...
spot_imgspot_img

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...
-+=