Casos de feminicídio aumentaram mais de 40% em Sergipe no ano de 2021

Foram registradas no estado 91 ocorrências desse tipo de crime desde 2017

Os casos de feminicídio aumentaram mais de 42% em Sergipe no ano de 2021, em relação ao ano anterior. Os dados são da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), divulgados hoje (12) pela Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP). 

A polícia computou 20 crimes no ano de 2021, em face aos 14 praticados em 2020. O F5 News mostrou essa queda no ano passado. Mesmo assim, o triste recorde ainda é de 2019, quando 21 mulheres foram vítimas em Sergipe. A CEACrim faz esse registro desde 2017. 

De acordo com a SSP, 91 mulheres já foram vítimas desse crime no estado desde o início do levantamento anual. A maior parte dos casos está concentrada na Grande Aracaju (35): 15 na capital, nove em N. Sra. do Socorro, nove em São Cristóvão e mais dois na Barra dos Coqueiros.

Alguns desses casos chocaram ainda mais fortemente a população em 2021; como o homem que matou a companheira grávida no Robalo, na Zona de Expansão de Aracaju, e a idosa de 67 anos morta por golpes de machado na cidade de Poço Verde, no centro-sul de Sergipe. 

Além disso, casos de tentativa de feminicídio também causaram muita comoção em 2021, como o da grávida que teve o corpo queimado, no bairro Coroa do Meio, na zona sul de Aracaju; e o homem que tentou matar a mulher a golpes de foice, também no Robalo, Zona de Expansão da capital.  

Denúncia é essencial 

A denúncia é importante para o combate à violência contra a mulher, em que o último estágio é o feminicídio. A Polícia Civil de Sergipe chama atenção para a necessidade de incentivar mais mulheres a denunciar os casos de agressão física ou psicológica.

As vítimas devem procurar a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), vinculada ao Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), à rua Itabaiana, 258, bairro São José, na região central de Aracaju.

As denúncias podem ser feitas ainda em qualquer delegacia local, no interior ou região metropolitana da capital, ou pelo Disque-Denúncia 181. A Polícia Civil garante o sigilo e que as equipes estão prontas para agir nesses casos.

+ sobre o tema

Comoção na África do Sul por estupro e assassinato de adolescente

O recente estupro colectivo e a atroz mutilação de...

Vídeos de partes íntimas de passageiras de metrô de SP invadem a web

Pessoas mal intencionadas andam gravando vídeos de partes íntimas...

Mulheres: de vítimas a algozes, o que a mídia tem a ver com isso? – Por: Mariana Martins

Integrantes do Intervozes se somam à mobilização #EuNãoMereçoSerEstuprada. Foto:...

para lembrar

Feminicídio, Estado Penal e crime hediondo

Neste dia 8 de março a presidenta Dilma Rousseff...

Dois femicídios seguidos deixam lições para as mulheres

Vinte e oito de janeiro de 2012: Karina Angélica...

Mortes de mulheres negras aumentam 54% em dez anos

A violência contra as mulheres brancas diminuiu, mas contra...

O monstro: sobre a chacina de Campinas, misoginia e notícias

Quando um caso de violência contra mulheres chega à...
spot_imgspot_img

Morte de artista circense Julieta Hernández põe em discussão os direitos da mulher viajante; veja outros casos de violência

O Fantástico deste domingo (14) mostrou como a morte de artista circense Julieta Hernández reacendeu a discussão sobre os direitos da mulher. Jussara Botelho...

DF teve mais feminicídios cometidos com armas legais do que ilegais

Armas de fogo legais são mais usadas em feminicídios do que armas ilegais no Distrito Federal. Os dados, levantados pelo Metrópoles, mostram que o...

Amparo para órfãos do feminicídio

Um alento para crianças e adolescentes em vulnerabilidade que perderam a mãe para o hediondo feminicídio. Cada um deles terá direito a receber auxílio...
-+=