Casos de feminicídio aumentaram mais de 40% em Sergipe no ano de 2021

Foram registradas no estado 91 ocorrências desse tipo de crime desde 2017

Os casos de feminicídio aumentaram mais de 42% em Sergipe no ano de 2021, em relação ao ano anterior. Os dados são da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), divulgados hoje (12) pela Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP). 

A polícia computou 20 crimes no ano de 2021, em face aos 14 praticados em 2020. O F5 News mostrou essa queda no ano passado. Mesmo assim, o triste recorde ainda é de 2019, quando 21 mulheres foram vítimas em Sergipe. A CEACrim faz esse registro desde 2017. 

De acordo com a SSP, 91 mulheres já foram vítimas desse crime no estado desde o início do levantamento anual. A maior parte dos casos está concentrada na Grande Aracaju (35): 15 na capital, nove em N. Sra. do Socorro, nove em São Cristóvão e mais dois na Barra dos Coqueiros.

Alguns desses casos chocaram ainda mais fortemente a população em 2021; como o homem que matou a companheira grávida no Robalo, na Zona de Expansão de Aracaju, e a idosa de 67 anos morta por golpes de machado na cidade de Poço Verde, no centro-sul de Sergipe. 

Além disso, casos de tentativa de feminicídio também causaram muita comoção em 2021, como o da grávida que teve o corpo queimado, no bairro Coroa do Meio, na zona sul de Aracaju; e o homem que tentou matar a mulher a golpes de foice, também no Robalo, Zona de Expansão da capital.  

Denúncia é essencial 

A denúncia é importante para o combate à violência contra a mulher, em que o último estágio é o feminicídio. A Polícia Civil de Sergipe chama atenção para a necessidade de incentivar mais mulheres a denunciar os casos de agressão física ou psicológica.

As vítimas devem procurar a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), vinculada ao Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), à rua Itabaiana, 258, bairro São José, na região central de Aracaju.

As denúncias podem ser feitas ainda em qualquer delegacia local, no interior ou região metropolitana da capital, ou pelo Disque-Denúncia 181. A Polícia Civil garante o sigilo e que as equipes estão prontas para agir nesses casos.

+ sobre o tema

Diversidade X Eurocentrismo e Patriarcado

Quem seriam os Outros ? O desenrolar das histórias...

Negros de pele clara por Sueli Carneiro

Vários veículos de imprensa publicaram com destaque fotos dos...

Essa alegria me basta

Em novembro de 2010, o jovem Luis Alberto Betonio...

É possível ser feminina e feminista?

A resposta curta é: sim. A longa é este...

para lembrar

Mulher detona piada sobre menstruação que ouviu do caixa de um supermercado na Austrália

Mulheres não deveriam se sentir constrangidas quando compram produtos...

‘Já ouvi absurdos por ser negra’, desabafa Pathy Dejesus

Repórter do 'Vídeo show' posa em ensaio de moda,...

Renata Varella: A dona do clube que reconstrói a autoestima de mulheres negras

Ela criou o 'Clube das Pretas' para cuidar dos...
spot_imgspot_img

Julho das Pretas: ‘Temos ainda como horizonte sermos livres das amarras históricas’, diz ativista

No dia 25 de julho será celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. E em alusão a data, o Julho das Pretas é realizado...

Meninas negras de até 13 anos são maiores vítimas de estupro no Brasil; crime cresceu 91,5% em 13 anos

O número de estupros no Brasil cresceu e atingiu mais um recorde. Em 2023, foram 83.988 casos registrados, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior....

Eugênio Bucci, Marilena Chaui e Sueli Carneiro são finalistas do Prêmio Jabuti Acadêmico; confira a lista completa

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) anunciou, nesta quinta-feira (18), os finalistas do Prêmio Jabuti Acadêmico, que contempla obras científicas em 29 categorias, como Artes,...
-+=