Com chuva, Parada Gay atrai 150 mil pessoas em Florianópolis

Cerca de 150 mil pessoas, segundo os cálculos da Polícia Militar, não se importaram com a chuva e acompanharam a Parada Gay, na tarde deste domingo, em Florianópolis (SC). O público começou a se aglomerar na avenida Beira Mar Norte antes das 14h, acompanhando o som de cinco trios elétricos. Famílias inteiras se divertiram na parada, considerada uma das maiores do País.

Por:FABRICIO ESCANDIUZZI

A diversidade sexual e os casos de violência contra homossexuais foram abordados durante o evento. Um grupo teatral chegou a encenar atos de violência para alertar sobre o problema da discriminação.

Pouco antes do início da parada, uma chuva atingiu a cidade de Florianópolis, mas não foi capaz de afastar o público. Entre os participantes, Cláudio Schimitzel e a mulher, Beatriz, tinham motivos de sobra para comemorar. Eles se conheceram na Parada Gay de 2009 e pela primeira vez levavam a filha Maria Clara, de um ano e cinco meses, para participar do evento.

A menina adorou a bandeira nas cores do arco-íris. “Temos que celebrar isso. Estamos junto há três anos e nos conhecemos na parada”, disse Cláudio. “Nossa filha desde cedo irá respeitar, participar e lutar contra o preconceito”.

 

 

Fonte: Terra 

+ sobre o tema

Sem esmalte

Você deve ser um cara legal, Miguel. E a...

Por que as mães estão exaustas? Entenda o impacto da carga mental na vida das mulheres

Divisão do trabalho doméstico permanece a mesma há duas...

Abjetificação, ininteligibilidade de gênero e a “socialização masculina”

Nessa semana tivemos uma polêmica sobre uma fala transfóbica...

para lembrar

Feminismo me ensinou que, como mãe, não preciso me desculpar

Em sua nova coluna, Isis Vergílio fala sobre a...

Plataforma mapeia casos de violência contra a mulher na América Latina

Plataforma mapeia casos de violência contra a mulher:  plataforma...

Direitos de imigrantes e estudantes africanos são discutidos na SEPPIR

Ministra Luiza Bairros recebeu militantes da causa e...

Mulher negra é nomeada para principal cargo da polícia de Nova York

Uma mulher negra, Juanita Holmes, foi promovida hoje a...
spot_imgspot_img

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Justiça brasileira não contabiliza casos de homotransfobia, cinco anos após criminalização

O STF (Supremo Tribunal Federal) criminalizou a homotransfobia há cinco anos, enquadrando o delito na lei do racismo —com pena de 2 a 5 anos de reclusão— até que...

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...
-+=