Guest Post »

Danilo tem efeito suspensivo negado e não enfrenta o Vasco

Jogador do Palmeiras foi punido pelo STJD com 11 jogos de suspensão e cumpriu apenas uma partida da pena, diante do Vitória, no último sábado

 

 

Suspenso por 11 jogos por causa de chute, cusparada e ato racista contra Manoel, do Atlético-PR (assista ao vídeo), o zagueiro Danilo, do Palmeiras, não poderá enfrentar o Vasco, neste domingo às 18h30m, em São Januário, pelo Brasileirão. A defesa alviverde bem que tentou aliviar o gancho do jogador, mas o STJD negou efeito suspensivo em sessão desta sexta-feira, segundo informa o site “Justiça Desportiva”. Como cumpriu punição apenas diante do Vitória, ele segue fora do time do técnico Antônio Carlos.

O advogado André Sica alegou que Danilo pediu desculpas ao atleta, estava de cabeça quente e também tem origem negra. No entanto, o órgão preferiu manter a penalidade imposta pela Terceira Comissão Disciplinar, dia 5 de maio.

Nesse caso, Danilo foi enquadrado nos artigos 254-B e 243-G (por atitude racista), enquanto o atleticano respondeu duas vezes por ato de hostilidade, como consta no artigo 250 do CBJD, em função da cabeçada e do pisão no atleta palmeirense.

Manoel também teve pedido de efeito suspensivo negado pelo STJD. Ele terá de cumprir mais três jogos de suspensão (dos quatro de punição) por conta de cabeçada e pisão na partida de ida entre Palmeiras x Atlético-PR pela Copa do Brasil.

O zagueiro alviverde ainda terá de responder a processo na Justiça Comum (injúria qualificada por racismo, como discorre o artigo 140, parágrafo 3º, do Código Penal). A pena prevista varia de um a três anos de prisão.

Fonte: Globo Esporte

Related posts