Drogba ataca torcida do rival Fenerbahçe por racismo durante clássico

 

As demonstrações de racismo por parte da torcida do Fenerbahçe no clássico contra o Galatasaray irritaram profundamente um dos principais alvos da discriminação. O atacante Didier Drogba usou a página oficial do “Gala” para um grande desabafo.

O marfinense lembrou uma eliminação antiga do Fener na Liga dos Campeões, quando ele ainda defendia o Chelsea e chamou os fãs racistas de hipócritas, pois comemoram os gols do jogador negro Pierre Webo no clássico:

– Vocês me chamaram de macaco mas choraram quando me tornei campeão com o Galatasaray e choraram também quando eu os eliminei da Liga dos Campeões com o Chelsea. Me chamaram de macaco, mas pularam em frente à TV quando ganhei a Champions. Me chamaram de macaco mas comemoraram o gol do meu “irmão macaco” no clássico. Vocês se acham fãs de verdade? Vejam a torcida do “Gala” e aprendam com eles.

Um torcedor que seria o da foto acima procurou um canal de TV na Turquia para se explicar. De acordo com ele, que não quis revelar seu nome, a banana estava em suas mãos pois ele ia comê-la e, na hora, os torcedores começaram a vaiar o goleiro Muslera e ele apenas foi com o fluxo.

 

Fonte: Terra

+ sobre o tema

Meritocracia é discurso para manter a desigualdade social e racial, revela historiador

O historiador e professor do Instituto de Filosofia e...

Denúncias de racismo na internet crescem 81% em 2014, aponta levantamento de ONG

As denúncias de racismo encaminhadas à SaferNet Brasil, entidade...

“Quero deixar de ser exceção”, diz juíza negra; veja histórias

Eles tiveram de vencer condições socioeconômicas desfavoráveis, além de...

Casos de racismo voltam a aumentar no futebol brasileiro, mostra relatório

O número de casos registrados de racismo no futebol brasileiro retomou...

para lembrar

Sucesso mundial, clipe sobre racismo é a cara do Brasil

'This is America', de Childish Gambino, já tem 138...

Movimentos convocam a todos para marcha contra o genocídio do povo negro

Por: Deborah Moreira “Esta Marcha é para o irmão cansado...

Só Deus por Sueli Carneiro

Fui assaltada em 31 de julho último. Um assalto...

Camaçari: Acusadas de roubo mulheres negras acusam loja de racismo

  Presidente da Comissão de Promoção da Igualdade Racial da...
spot_imgspot_img

Caça aos livros

Está aberta a temporada de caça aos livros no Brasil! Mas atenção. A perseguição restringe-se à indicação pedagógica de certas obras capazes de promover o debate e a...

Debate racial ficou sensível, mas menos sofisticado, diz autor de ‘Ficção Americana’

De repente, pessoas brancas começam a ser degoladas brutalmente com arame farpado. O principal suspeito é um homem negro que sempre está na cena...

Universidade, excelência e compromisso social

Em artigo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, no dia 15 de junho, o professor de literatura geral e comparada da Unicamp, Marcos...
-+=