Enfermeira é contratada e promovida por hospital onde trabalhou como faxineira há dez anos

Enviado por / FonteG1

Há dez anos, Jaines Andrades trabalhava como faxineira no Baystate Medical, em Springfield, Massachussetts. No final de setembro, ela foi promovida pelo mesmo hospital, mas agora a enfermeira no setor de trauma.

Sua história no local começou quando ela trabalhava em uma lanchonete, mas soube da vaga para limpeza no hospital. Segundo Andrades, mesmo sem lidar com pacientes, pareceu uma boa oportunidade para observar o funcionamento de um centro médico e a rotina de atendimento.

A enfermeira Jaines Andrades — Foto: Reprodução/Facebook/Jaines Andrades

Há cinco anos, ela finalmente conseguiu ingressar no curso de enfermagem, e teve a chance de ser recontratada como enfermeira iniciante, sendo agora promovida a um cargo onde pode atuar inclusive sem a supervisão direta de um médico.

Para comemorar, postou em seu perfil no Facebook seus três crachás do hospital, dos três postos que já ocupou ali, e escreveu: “10 anos de trabalho, mas valeu a pena”.

“Espero que minha história possa inspirar pessoas que talvez se sintam desencorajadas por seu passado ou de onde vêm”, disse ela à emissora ABC News. Eu só quero que elas saibam, se eu posso fazer isso, qualquer um também pode”.

Fonte: G1

+ sobre o tema

Veto Já! Contra o golpe em nossos corpos e direitos

Contra o retrocesso, o racismo, a violência e Pelo...

Quase 50 anos depois, clássico da literatura negra chegará ao Brasil

Clássico da literatura negra chegará ao Brasil: chegará às...

estilista baiana, Mônica Anjos, apresenta sua nova coleção em São Paulo

Bazar VIP será promovido, neste sábado dia 9, para...

Rebeca Andrade fica em 5º lugar no solo com Baile de Favela nas Olimpíadas

Um passo. Foi isso que separou Rebeca Andrade de...

para lembrar

Interno da Fundação Casa é finalista de concurso nacional de poemas

Jovem de 17 anos cumpre medida por tráfico; é...

No AC, jovem viaja 10h e dorme quatro dias em barco para fazer Enem

Esta é a 1ª vez que Francisco, de 16...

‘Perdi a vergonha’: aos 42 anos, catadora de lixo aprende a ler com filho de 11 anos

"Mãe, mãe, quer ler comigo? É uma historinha. E...

Jovem filha de trabalhadores rurais é empossada como Defensora Pública

“Ser Defensora Pública é a concretização de um sonho,...
spot_imgspot_img

‘Minha história é de superação’, diz quilombola que é 1º lugar em Medicina

"Sou a primeira da minha descendência quilombola a entrar em uma universidade. Sou natural de Candiba, interior da Bahia, e desde pequena sempre quis...

Conheça a chef brasileira que foi a primeira mulher a entrar na Academia de Culinária da França

Nos últimos meses, circula na internet a informação de que a brasileira Célia Regina Miranda Dalla Colletta de Mattos, de 46 anos, é a...

“Microcefalia nunca me limitou; quero dar aula para alunos com deficiência”

Logo quando nasci fui diagnosticada com microcefalia, meu crânio era menor do que a média e por isso os médicos chegaram a dizer para...
-+=