Espanha aprova licença menstrual para mulheres que sofrem de menstruação severa

Enviado por / FonteMARIE CLAIRE

O projeto de lei também visa a ampliação do acesso ao aborto no país e produtos de higiene menstrual, contraceptivos e pílulas do dia seguinte serão distribuídas gratuitamente. A proposta agora segue em votação no Parlamento

O Governo Espanhol aprovou, na última terça (17), o projeto de lei que prevê licença de até três dias para mulheres que sofrem menstruação severa e dores intensas sem que sejam descontadas. Dessa forma, qualquer mulher que trabalhe em empresa privada ou órgão público pode recorrer à licença.

Atualmente, apenas alguns países asiáticos, incluindo Japão, Coréia do Sul e Indonésia, além da Zâmbia, concedem licença menstrual. De acordo com a Sociedade Espanhola de Ginecologia e Obstetrícia, cerca de um terço das mulheres que menstruam sofrem de dor intensa conhecida como dismenorreia, com essa proporção aumentando se a dor pré-menstrual também for contabilizada. Os sintomas da dismenorreia incluem dor abdominal aguda, dores de cabeça, diarreia e febre.

A proposta também visa a ampliação do acesso ao aborto no país, permitindo que jovens a partir dos 16 anos realizem o procedimento, em hospitais públicos, sem a autorização dos responsáveis.  Vale ressaltar que, na Espanha, o aborto já é legalizado e, atualmente, pode ser feito até a 14ª semana de gestação em todos os casos ou até 22ª semana em situações de anormalidades do feto.

Ainda pela nova proposta, mulheres grávidas podem ter a licença maternidade ampliada a partir da 39ª semana, caso necessário, e produtos de higiene menstrual, contraceptivos e pílulas do dia seguinte serão distribuídas gratuitamente, tanto em centros de saúde como em escola.

A ideia do projeto de Lei é também ensinar sobre educação sexual nas escolas, em todos os ciclos, como uma medida complementar.

A proposta segue em votação no Parlamento. Se aprovado, o projeto de reforma, revelado pela rádio Cadena Ser, fará da Espanha o primeiro país ocidental a oferecer o direito à licença menstrual, onde mulheres terão folga durante seus períodos.

+ sobre o tema

Futura ministra diz que aborto é questão para o Legislativo

BRASÍLIA - A futura ministra da Secretaria de Políticas...

‘Sexo frágil’ – será?

Para início de conversa esse rótulo está ultrapassado. Em...

BA empossa 1ª transexual no serviço público do Estado

O transexual Paulo César dos Santos, de 25 anos,...

Índias levam bandeiras feministas às aldeias e assumem dianteira do movimento

Nascidas em aldeias indígenas no Acre, Letícia Yawanawá, 49...

para lembrar

Mulheres quebram barreira do preconceito e fazem grafite nas ruas de Salvador

Cada uma delas tem uma historia diferente, mas o...

Mulheres são líderes mais eficientes

Em pesquisa que analisa critérios de liderança, mulheres são...

Arquitetura dos direitos reprodutivos e ameaças ao aborto legal e seguro

Iniciamos esta reflexão homenageando a menina de 10 anos,...

Por que nós, mulheres, estamos sempre pedindo desculpas? 

Nos últimos dias andei pensando muito no significado da...
spot_imgspot_img

Miss é eliminada por ser mãe. Em que ano estamos?

Elas precisam ser lindas, altas e magras. Além disso, é necessário que tenham entre 17 e 27 anos, não sejam casadas e não tenham...

Raízes negras, femininas e religiosas: entenda o enredo da Viradouro

Para construir o enredo campeão do carnaval do Rio de Janeiro em 2024, o carnavalesco Tarcísio Zanon, da Unidos da Viradouro, buscou inspiração em tempos...

O que levou mulheres a desistirem da maquiagem de todo dia

Depois de dois anos sem usar maquiagem, a enfermeira Nicole Neves decidiu contratar uma maquiadora profissional para a sua festa de aniversário de 30 anos...
-+=