Fim do direito ao aborto é ‘um duro golpe’ aos direitos humanos, diz ONU

"Um duro golpe aos direitos humanos das mulheres e à igualdade de gênero" disse Michelle Bachelet, alta comissária da ONU para os Direitos Humanos

A revogação do direito ao aborto nos Estados Unidos foi “um duro golpe aos direitos humanos das mulheres e à igualdade de gênero”, disse a alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, nesta sexta-feira (24).

“O acesso ao aborto seguro, legal e eficaz está firmemente enraizado no direito humano internacional e é fundamental para a autonomia das mulheres e sua capacidade de fazer suas próprias escolhas”, escreveu Bachelet em nota.

“Esta decisão retira essa autonomia para milhões de mulheres nos Estados Unidos, especialmente as de baixa renda e as pertencentes a minorias raciais e étnicas, em detrimento de seus direitos fundamentais”, acrescentou a ex-presidente chilena.

É “um grande retrocesso”, ressaltou.

Mais de 50 países que tinham leis mais restritivas suavizaram suas legislações sobre o aborto nos últimos 25 anos, lembrou Bachelet.

“A decisão de hoje [sexta-feira] afasta os Estados Unidos desta tendência progressista”, lamentou.

A Suprema Corte dos Estados Unidos revogou nesta sexta-feira o direito ao aborto, após derrubar a decisão que, desde 1973, permitia a interrupção de gestação no país.

A decisão, no entanto, não torna o aborto ilegal, mas permite que cada estado decida autorizá-lo ou não.

+ sobre o tema

25 de julho: A visibilidade da mulher negra e a luta para romper o silêncio

Mesmo pertencendo a maior parcela da população, uma vez...

Geledés: Vencedor do Desafio de Impacto Social Google 2014 – Vídeos PLP 2.0

Geledés: Vencedor do Desafio de Impacto Social Google 2014...

AVON – Fórum Fale sem Medo

A quarta edição do FÓRUM FALE SEM MEDO acontecerá...

Agora, a punição para estupros recairá sobre a vítima

O novo líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC)...

para lembrar

Educando nossos crespinhos

Em tempos de luta pela educação, precisamos pensar o...

Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva lança Entre Brasil e África

Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva lança Entre Brasil e África construindo conhecimento...

Resistir ao racismo é resistir à tripla morte: Marielle, presente

Durante muito tempo, eu me neguei a falar publicamente...
spot_imgspot_img

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Novas pesquisas mostram que meninas nos EUA estão tendo sua primeira menstruação mais cedo. A exposição ao ar tóxico é parcialmente responsável. Há várias décadas, cientistas ao redor do...

Leci Brandão recebe justa homenagem

A deputada estadual pelo PC do B, cantora e compositora Leci Brandão recebe nesta quarta (5) o Colar de Honra ao Mérito Legislativo do...
-+=