sexta-feira, novembro 26, 2021
InícioÁfrica e sua diásporaAfro-americanosLeBron James denuncia assassinato por racismo: «Estamos a ser caçados»

LeBron James denuncia assassinato por racismo: «Estamos a ser caçados»

Fonte: Do Record

O assassinato de Ahmaud Arbery, cujas imagens vieram a público esta semana, não deixa qualquer dúvida a LeBron James: é um crime de ódio.

“Estamos, literalmente, a ser caçados todos os dias/todas as vezes que deixamos o conforto das nossas casas! Nem dá para um homem ir correr! WTF, estão a brincar comigo? Sinto muito Ahmaud (descansa no paraíso)”, denunciou Lebron James no seu Instagram.

Ahmaud Arbery, um jovem negro de 25 anos, foi assassinado no passado dia 23 de fevereiro, no entanto, com a divulgação das imagens, o crime voltou a estar na ordem do dia, com várias manifestações apelando à justiça.

No vídeo, vê-se dois homens (pai e filho) a perseguir e alvejar Ahamaud Arbery, que não resistiu aos ferimentos.

Leia também: 

Pai e filho executam jovem negro porque ele praticava exercícios no bairro

Repórter da Globo comenta caso de racismo sofrido: ‘Não somos otários’

Homens negros relatam casos de racismo ao utilizar máscaras na rua

FIQUE EM CASA

RELATED ARTICLES