Lula diz que igualdade racial é condição essencial


BRASÍLIA – Ao discursar nesta quarta-feira (4), durante visita oficial do presidente de Camarões, Paul Biya, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva destacou que a luta pela igualdade racial é condição essencial para a democracia. Lula reafirmou que, ao desenvolver parceria com países africanos, o Brasil está “resgatando sua própria história”.

“Ao aprovar recentemente o Estatuto da Igualdade Racial, vencemos uma batalha importante na luta contra a exclusão. No Brasil, combater a desigualdade e a discriminação é mais que um imperativo moral, é uma condição inescapável para construir um verdadeiro Estado Democrático”, disse Lula, em discurso.

O presidente brasileiro destacou que a posição geográfica de Camarões, no Golfo da Guiné, torna o país na porta de entrada para os produtos destinados aos países sem acesso marítimo, como o Chade e a República Centro-Africana.

Lula e Paul Biya assinaram acordos bilaterais para o Programa Executivo Cultural 2010-2013, cooperação nas áreas de agricultura e pecuária, turismo, diplomáticia, militar, administrativo e técnico.

Lula acrescentou que, em setembro, o Brasil enviará uma missão técnica a Camarões para desenvolver projetos nas áreas de extensão rural, pecuária e cooperativismo.

Nos últimos dez anos, a parceria comercial do Brasil com Camarões aumentou expressivamente. Apenas no primeiro semestre deste ano, o intercâmbio entre os dois países cresceu 72,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Só de janeiro a junho, o comércio atingiu US$ 103,5 milhões. Em 2002, as exportações brasileiras para o país eram de apenas US$ 13 milhões, segundo informações do Ministério das Relações Exteriores.

Em Camarões, o interesse pelos produtos brasileiros se concentra principalmente na compra de peças de ferro e aço, produtos químicos inorgânicos e cereais, além de açúcar e produtos de confeitaria. O Brasil, por sua vez, tem interesse na borracha e madeira de Camarões.

 

 

Fonte: DCI

+ sobre o tema

Metade das crianças violentadas foi agredida mais de uma vez

O Brasil registrou 58,3 mil casos de estupro de crianças e...

SP enquadrou 31 mil negros como traficantes em situações similares às de brancos usuários

Para a polícia de São Paulo, a diferença entre um traficante e...

STF retoma julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quinta-feira (20)...

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

para lembrar

Garoto negro toca cabeça de Obama para sentir cabelo do presidente

Após visita, menino diz que quer ser presidente ou...

Ao amigo e companheiro Antonio Carlos Arruda a solidariedade do Geledés

Meu melhor amigo Meus pais Hélio e Valdivina na...

Programação da Rio+20

Exposições e debates ocorrem em diversos locais do Rio;...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos e, se aprovado, representaria uma ameaça para a vida principalmente das mulheres mais pobres do...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu a obra Mulheres Sonhadoras, Mulheres Cientistas, composta por dois livros, das escolas e bibliotecas do município. Escritos por...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e constranger o governo, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, facilitou a aprovação de...
-+=