Maguila admite ter Mal de Alzheimer e desafia Anderson Silva no boxe

Ex-campeão mundial de boxe afirma em entrevista a jornal que não sofre com sintomas da doença e critica MMA: ‘É briga de rua’

O ex-campeão mundial de boxe Adílson José Rodrigues, o “Maguila”, admitiu sofrer de Mal de Alzheimer e diabetes, mas não perdeu a irreverência. O ex-pugilista disse que não toma remédios, não sente nada e ainda desafiou Anderson Silva, campeão mundial de MMA, a uma luta de boxe.

As revelações foram feitas numa entrevista publicada pelo jornal “Diário de São Paulo” nesta terça-feira. Maguila disse que foi diagnosticado com as doenças há dois anos, por um médico amigo de sua família, mas resiste em seguir o tratamento.

– Acho que é mentira, porque isso (Alzheimer) causa esquecimento e eu não esqueço de nada. O médico me passou remédio, mas eu disse para rasgar tudo. Já estou com 53 anos e não sinto nada. Não desafio nada, mas, se sentir algo, vou me cuidar. Você vai tocando o barco até quando Deus quiser – disse Maguila ao jornal.

A causa da doença envolve fatores ambientais e de hereditariedade, e o ex-pugilista tem histórico de Alzheimer na família – sua mãe, Jolinda Rodrigues dos Santos, morreu aos 89 anos e, segundo Maguila, reconhecia os filhos, “mas, às vezes, demorava um pouco”. A perda gradativa de memória é um dos sintomas da doença, que atinge principalmente pessoas acima dos 65 anos e pode inclusive afetar a movimentação física, devido à destruição de comandos cerebrais. De acordo com especialistas, não tem relação com traumas sofridos em lutas de boxe.

Maguila ainda frequenta academia três vezes por semana para praticar a “Nobre Arte”. O ex-pugilista disse que ninguém gosta de treinar com ele, por ter a “mão pesada”, e que não fugiria de um duelo com Anderson Silva, considerado o melhor lutador de MMA do mundo. Maguila afirmou que não gosta da modalidade, a qual considera “briga de rua”, e que o campeão do UFC não teria chances no boxe.

– Se cair para dentro, o coro vai comer. Eu sei bater, a gente perde a agilidade, mas a força não. Quero ver o cara receber 240kg (peso de seu soco com a mão direita) na cara e não sentir nada. Ele não sabe nem “jabear” porque já entra com a direita. Boxe é com a mão esquerda! – explicou Maguila, que apesar das críticas ao MMA, elogiou Anderson e o parabenizou pelo sucesso.

Fonte: Globo Esporte

+ sobre o tema

Morte de Pelé é destaque principal nos maiores jornais do mundo

A morte de Pelé nesta quinta-feira (29/12), aos 82...

Herbie Hancock comemora 70 anos com disco cheio de participações especiais

Madri, 10 mai (EFE).- O pianista e músico de...

Morre cantor congolês Papa Wemba, rei da rumba africana

Morre cantor congolês Papa Wemba, rei da rumba africana. O...

Um poeta que o Brasil precisa conhecer

É tempo de protesto. Punhos ao ar, ruas em...

para lembrar

Revolta dos Búzios

A Conjuração Baiana, também denominada comoRevolta dos Búzios ou Revolta...

Desapropriação cultural preta nos espaços negros

Encerramento das atividades do Neocriativa  “neste semestre” (1º de...

10 obras fundamentais da Literatura africana de língua portuguesa

por Sandro Brincher Literatura africana de língua portuguesa Já li em...

Países africanos são os que mais importam tecnologias sociais do Brasil

Entre as políticas sociais que mais despertam interesse dos...
spot_imgspot_img

Dia 21, Maurício Pazz se apresenta no Instrumental Sesc Brasil

Maurício Pazz, paulistano, nos convida a mergulhar nos diferentes sotaques oriundos das diásporas africanas no Brasil. No repertório, composições musicais do próprio artista, bem...

Iza anuncia que terá uma menina e o nome será Nala

O primeiro bebê de Iza e Yuri Lima já teve o sexo revelado: será uma menina. A cantora contou a novidade aos fãs na noite desta segunda-feira (13),...

Mostra Competitiva Adélia Sampaio recebe inscrições de filmes de mulheres negras até 16 de junho

A 6ª edição da Mostra Competitiva de Cinema Negro Adélia Sampaio está com inscrições abertas para filmes dirigidos por mulheres negras de todo o...
-+=