Ministros debatem posição comum de África para conferência Rio+20

Para além de uma posição comum na Conferência Rio+20, o primeiro-ministro etíope considerou que África deverá buscar, por ela própria, soluções aos seus problemas.

Uma reunião ministerial destinada a preparar a posição comum de África na Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) arrancou, segunda-feira (24) em Addis Abeba, sob a presidência do primeiro-ministro etíope, Meles Zenawi.

Enquanto coordenador da preparação de África na Rio+20, o Presidente congolês, Denis Sassou Nguesso, participa no encontro que deve examinar os objetivos e os temas da Rio+20, a realizar no Brasil, bem como outras questões de fundo que interessam o continente, para alcançar um consenso sobre as principais prioridades e preocupações de África a incluir nos documentos finais a apresentar à referida reunião.

Para o primeiro-ministro etíope, África não deve ser pessimista quanto à tomada em conta das suas prioridades na conferência de Rio+20.

“Mesmo se os africanos ficam decepcionados por várias vezes, não é razão para renunciar ao combate, mesmo que as conclusões deste género de reunião não respondam às nossas exigências”, indicou Zenawi, que convidou os países africanos a falar a uma só voz e a instaurar estratégias realistas para um impacto positivo.

Para além de uma posição comum na Conferência Rio+20, o primeiro-ministro etíope considerou que África deverá buscar, por ela própria, soluções aos seus problemas.

“Devemos contar connosco mesmos, ter planos a implementar por nós mesmos sem o apoio do exterior, sem esperar que sejam os outros a nos tirarem da situação em que nos encontramos”, indicou.

Os ministros discutirão, entre outros, os progressos feitos na aplicação dos compromissos em matéria de desenvolvimento sustentável e os novos desafios e emergentes, a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável da eliminação da pobreza e os quadros institucionais e estratégicos para o desenvolvimento sustentável e a reabsorção dos défices de aplicação.

A reunião termina esta terça-feira após a adoção da declaração solene africana para Rio+20 e do projeto de resolução que será apresentado à Cimeira da União Africana.

Fonte: África 21

+ sobre o tema

População da APA do Curiaú aprova projeto Tambor no Quilombo

Moradores da Área de Proteção Ambiental (APA) do...

Mary Alice, atriz de ‘Matrix Revolutions’, morre aos 86 anos

A atriz Mary Alice, de "Matrix Revolutions" (2003), morreu...

Kehinde Wiley – “Negritude uma estética nômade”

Kehinde Wiley nasceu em Los Angeles, em uma família...

para lembrar

Cultne TV tem diversas opções on-line e mais estreias em maio

Novos episódios semanais de diversas séries chegam à Cultne...

Manu Dibango:“Meu domínio é a música e minha política é estar engajado musicalmente

Rendemos uma singela homenagem ao símbolo incontornável da música...

Elza Soares é estrela de documentário no Festival do Rio

Elza Soares olha e fala para a câmera como...

“Dear White People” mira microagressões raciais e debate sobre liberdades

2º ano da série eleva o nível apresentado pela...
spot_imgspot_img

SP: mostra de cinema Léa Garcia – 90 Anos celebra obra da artista

A mostra inédita Léa Garcia - 90 anos, que começa neste sábado (25), celebra a obra da renomada artista do cinema nacional, que morreu em...

Brasileiro dirige único teatro negro da Alemanha

"Ainda tenho um milhão de coisas para fazer", diz Wagner Carvalho, diretor artístico do teatro Ballhaus Naunynstrasse em Berlim, poucas horas antes da estreia da noite. Wagner não...

Álbum de Lauryn Hill é considerado melhor da história em lista da Apple Music; veja ranking

Uma lista publicada pela Apple Music elegeu os 100 melhores álbuns de todos os tempos. Em primeiro lugar, a escolha foi para 'The Miseducation...
-+=