Missão brasileira na África visitará países com cultura, geografia e economia distintas

Fonte: Correio Braziliense-

Os três países visitados pela missão brasileira apresentam intensa diversidade geográfica, cultural e econômica. Apenas a África do Sul tem 11 línguas oficiais, embora o inglês seja o idioma adotado nas negociações públicas e comerciais. A população, de 48,7 milhões de habitantes, é formada etnicamente por maioria negra, mas que fala dialetos distintos.

Em 1990, o sistema de segregação racial (apartheid), que estabelecia duras regras de distinção entre direitos e deveres para brancos e negros, foi desmantelado. Em 1994, o líder Nelson Mandela foi eleito presidente. No mês passado, o presidente da África do Sul, Jacob Zuma, esteve no Brasil. Na ocasião, ele destacou as afinidades entre seu país e o Brasil.

Em 2010, a Copa do Mundo de Futebol será realizada na África do Sul. Zuma e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversaram sobre o assunto e firmaram protocolos de intenção nas áreas esportiva e cultural.

Já Angola vive uma situação bastante diferente. Dos 16,8 milhões de habitantes, a maior parte da população vive em situação de pobreza. Apesar deste dado, o país é o segundo maior produtor de petróleo do mundo e tem uma imensa produção de diamantes.

A história recente de Angola foi marcada por uma longa guerra civil, que começou em 1975. Em 2000, foi assinado um acordo de paz na região. A guerra civil no país teria vitimado cerca de 500 mil pessoas entre adultos, jovens e crianças.

Moçambique, assim como Angola, pertence à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e mantém vários acordos de cooperação com o Brasil. Com uma população de 20,7 milhões de habitantes, aproximadamente metade de seu território tem potencial agrícola.

Matéria original

+ sobre o tema

Serena bate Sharapova e conquista Roland Garros 11 anos depois

Maria Sharapova finalmente conseguiu dar trabalho a Serena...

Halle Berry hospitalizada após acidente em set de filmagens

RIO - Halle Berry foi levada para um hospital...

20 de novembro inauguração do Monumento de Zumbi dos Palmares em São Paulo

Cris Pereira - Kizomba, a festa da raça Em maio...

para lembrar

MG – Quilombolas reclamam de demora na titulação de terras

Membros de comunidade do Vale do Jequitinhonha foram vítimas...

Super Domínica: a heroína de uma negra ilha caribenha

Domínica é um Estado Insular soberano situado no mar...

Exposição ‘Histórias Mestiças’ é inaugurada

 O Brasil foi o último país do continente americano...

Candinho, único filho vivo de João Cândido, luta por reparação

Em novembro de 1910, cerca de dois mil marinheiros...
spot_imgspot_img

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...
-+=