MP denuncia oficiais da PM por invasão a imóveis na favela Nova Brasília

Entre os denunciados está o comandante da Coordenadoria de Polícia Pacificadora

Por ADRIANA CRUZ, do Justiça e Cidadania 

Dois oficiais, entre eles o comandante da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), coronel André Luiz Belloni Gomes, foram denunciados pelos crimes de constrangimento ilegal e invasão de domicílio por entrar em imóveis na Favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão, em fevereiro.

Segundo denúncia Ministério Público que atua junto à Auditoria de Justiça Militar, a qual o blog teve acesso, Belloni tinha o dever de impedir que o major Leonardo Gomes Zuma, comandante da UPP Nova Brasília, usasse casas e até uma loja como ponto estratégico militar.

À época, os militares alegaram que os locais estavam abandonados. Mas as investigações mostraram que, de fato, houve invasão em cinco locais, como consta no inquérito da 8ª Delegacia de Polícia Judiciária.  As penas variam de seis meses a dois anos de detenção.

Em nota, a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) que não foi comunicada oficialmente sobre a decisão.

+ sobre o tema

Violência no RJ vitimou 15 grávidas desde 2017, afirma plataforma Fogo Cruzado

A morte de Kathlen Romeu, grávida de quatro meses, na...

Racismo à brasileira e os Black Faces do Século XXI

Na semana do 13 de maio também acompanhamos um...

Metade dos casos de racismo acontece onde a vítima trabalha ou mora

Metade dos casos de racismo acontece onde a vítima...

‘Não’ é ‘Não’, inclusive na igreja

No dia 29 de dezembro, o presidente Lula sancionou a...

para lembrar

Mãe diz que filho desaparecido há 21 dias foi levado por PMs

Testemunhas dizem que Davi Fiuza sumiu após abordagem policial...

Cotas na UnB: carta da SEPPIR enviada aos jornais O Globo e O Estado de São Paulo

Em sintonia com o espírito democrático vivenciado em nosso...

Escola Paulista da Magistratura: Seminário “Infância, Juventude e Racismo

EDITAL A ESCOLA PAULISTA DA MAGISTRATURA em parceria com...
spot_imgspot_img

SC tem alta de 51% nos casos de injúria racial e lidera denúncias do crime no país

Em Santa Catarina, seis pessoas procuraram a polícia por dia, em média, para denunciar casos de injúria racial em 2023. No ano passado, 2.280 pessoas sofreram ofensas...

O destino dos negros

A semana em que o Estatuto da Igualdade Racial (lei 12.288/2010) completou 14 anos foi repleta de notícias que atestam o quanto o Brasil está longe...

Roda de samba no Centro do Rio registra dupla imitando macacos em evento: ‘não será tolerado’

O PedeTeresa, roda de samba que acontece na Praça Tiradentes, no Centro do Rio, compartilhou um vídeo de uma dupla imitando macacos em um...
-+=