Mulher é presa em Dourados acusada de racismo

Duas mulheres foram detidas na madrugada de hoje, às 4h, uma acusada de racismo e a outra por desobediência e desacato. Segundo boletim registrado pela Polícia Civil de Dourados, Renata Chagas Lourenço, de 25 anos, moradora no Parque do Lago II, e a amiga Rita de Cássia, moradora em Jardim estavam numa conveniência de um posto de combustível, em Dourados, a primeira com um pequeno aparelho de defesa pessoal que emite choques.

Segundo a polícia, Renata teria sido abordada pelo guarda Vivaldo Rodrigues de Matos, de 58 anos, que pediu que ela parasse de importunar os clientes. Conforme relatado à polícia, Renata passava pelas pessoas e dava choques nas vítimas. Quando solicitada a parar, ela teria ofendido o guarda, com ataques pessoais identificados como racismo e, ainda, espirrado spray de pimenta nele.

Ela e a amiga foram localizadas pela Polícia Militar e encaminhadas à Delegacia da Polícia Civil de Dourados. No veículo com placas do Paraná, a polícia apreendeu o spray, o equipamento de choque e um canivete.

Conforme a polícia, Renata foi autuada em flagrante acusada de racismo e está detida no 1º Distrito Policial de Dourados. O crime é inafiançável e prevê de um a três anos de prisão. A amiga dela foi indiciada por desobediência e desacato e vai responder ao processo em liberdade. (Com informações de S.Bronka)

 

Fonte: A Critica

+ sobre o tema

Nath Finanças entra para lista dos 100 afrodescendentes mais influentes do mundo

A empresária e influencer Nathalia Rodrigues de Oliveira, a...

Ministério da Igualdade Racial lidera ações do governo brasileiro no Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU

Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, está na 3a sessão do...

Crianças do Complexo da Maré relatam violência policial

“Um dia deu correria durante uma festa, minha amiga...

Concurso unificado: saiba o que o candidato pode e não pode levar

A 20 dias da realização do Concurso Público Nacional...

para lembrar

Após sofrer racismo na escola, Kheris Rogers de 10 anos cria linha de roupas empoderadora

Você precisa conhecer Kheris Rogers, uma menina de 10...

A Discriminação de Boris Casoy: Isso é uma vergonha

Neste vídeo o apresentador da Band, Boris Casoy declara...

RACISMO NA ITÁLIA: Mais um capítulo do racismo na Itália

O prefeito de Brescia, Adriano Paroli, do PDL, informou...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=