Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

De volta ao Grupo Especial das escolas de samba, a Vai-Vai celebrou a história do hip-hop no Brasil

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado (10), contemplando no samba-enredo os 40 anos de história do hip-hop no Brasil e a manifestação do gênero musical como parte da metrópole paulistana.

“É muita emoção! Chegou a hora. Estou há muito tempo me preparando, ensaiando. É uma delícia conviver com a escola e ver esse carinho de perto. A Vai-Vai voltou para o lugar onde nunca deveria ter saído”, disse ela para a Quem.

As alegorias do grupo resgatavam a arte urbana no contexto brasileiro, mais especificamente o de São Paulo, apoiando-se no tema que também faz referência a um dos maiores sucesso do grupo de rap Racionais: Capítulo 4, Versículo 3 — Da Rua e do Povo, o Hip Hop: Um Manifesto Paulistano.

Neste Carnaval, a Vai-Vai escolheu Negra Li, como madrinha, Rosiane Pinheiro como musa e a modelo Madu Fraga, como rainha da bateria.

Negra Li com fantasia para desfile da Vai-Vai (Foto: Fernanda Lima)

As artistas surgiram deslumbrantes durante a apresentação e encantaram o público, com graciosidade e talento no samba.

Em conversa com a Quem, Negra Li celebrou o convite como uma das grandes representantes musicais do enredo.

“Entendo a importância do cargo de madrinha. Me importo muito, sinto uma grande alegria e me sinto acolhida pela escola. A Vai-Vai é uma escola incrível, com uma energia contagiante”, afirmou. “Não tem como negar que eu sou uma peça relevante dentro do hip-hop. Fico muito feliz de ser lembrada sempre como uma das vozes mais importantes dentro desse movimento”, completou.

Negra Li chega para o desfile da Vai Vai na segunda noite de desfile do Anhembi na noite desse sábado em São Paulo — Foto: Clayton Felizardo/Brazil News

Já a ex-Gang do Samba Rosiane retorna ao Carnaval após 20 anos em fase de superação de um relacionamento abusivo marcado pela depressão. “Cheguei a pensar em fazer uma lipo, mas decidi vir natural mesmo, mais mulher brasileira, sabe? Não vou me cobrar. Estou me sentindo plena na idade que tenho sem nunca ter feito nem botox!”, afirmou.

“Nessa volta ao Carnaval, que é o mundo que eu amo, não quis ceder aos padrões impostos pelas pessoas. Quis apenas viver e ser feliz, porque, no passado, escutei muito as pessoas e me arrependi!”, completou.

+ sobre o tema

O poder da beleza negra, na Vogue Itália

O poder da beleza negra, na Vogue Itália. A Vogue...

Beyoncé contrata 200 dançarinos africanos para novo clipe

Beyoncé contratou mais de 200 bailarinos africanos para o...

Camila Pitanga conta que faz terapia desde os 16 anos

Camila Pitanga falou com a Marie Claire e contou que faz...

Hoje na História, 1973, nascia Isabel Filardis

Isabel Cristina Teodoro Fillardis mais conhecida como Isabel Fillardis...

para lembrar

Tom Morello volta ao Brasil e pede justiça para Marielle

Quem acompanha a trajetória do guitarrista Tom Morello, sabe...

Filha mais velha de Obama, Malia atrai legião de fãs com seu estilo

Filha do dono da caneta mais poderosa do mundo,...

Gaby Amarantos fala sobre racismo: ‘Aperta o coração’

Única mulher negra no sofá do "Saia justa", do...

Ela atuou em uma série da Globo: “Meus 15 minutos de fama quase me destruíram”

A fama é uma amante cruel. Num momento, Jaqueline...
spot_imgspot_img

Estrela do Carnaval, ex-passista Maria Lata D’Água morre aos 90 anos em Cachoeira Paulista, SP

A ex-passista Maria Mercedes Chaves Roy – a ‘Maria Lata D’Água’ – morreu na noite dessa sexta-feira (23), em Cachoeira Paulista, no interior de São...

Depois de um carnaval quente, é hora de pensar em adaptação climática

Escrevo esta coluna, atrasada, em uma terça-feira de carnaval. A temperatura da cidade de São Paulo bate 33°C, mas lá fora, longe do meu ventilador,...

Leci Brandão sai em defesa da Vai-Vai: ‘Nenhuma instituição está acima da crítica’

'A crítica social é necessária na medida em que ela força as instituições a se autoavaliarem e melhorarem', disse a parlamentar A deputada estadual Leci...
-+=