Neta de Bob Marley é confundida com ladrão por policiais e ameaça processar agentes por racismo

O Departamento de Polícia de Rialto, cidade californiana do condado de San Bernardino, nos Estados Unidos, deve ser alvo de um processo a ser movido por Donisha Prendergast, a neta de Bob Marley. De acordo com informações divulgadas pelo New York Daily News, a unidade policial foi notificada na última segunda-feira após o incidente que aconteceu no dia 30 de abril envolvendo a jovem e dois amigos.

Do Bocão News

Foto: Reproduzida/Bocao News

Segundo o jornal americano, Prendergast e seus amigos foram vistos carregando bagagens em seu carro do lado de fora da casa que havia sido alugada através do Airbnb e um morador local ligou para a polícia porque não “reconhecia o veículo ou as pessoas como vizinhos ou proprietários”.

 

Be Love. So much things to say right now…. Got surrounded by the police for being black in a white neighbourhood. Smh. I’m sad and irritated to see that fear is still the first place police officers go in their pursuit to serve and protect, to the point that protocol supersedes their ability to have discernment. Many have suffered and died in moments like these. That’s a crazy reality check. Give Thanks for life, and the ability to stand our ground. We are stronger together. Use your voice collectively. #unafraid #mightcannotdefeatright #wewillrizetogether #buildcomeunity #strongertogether #useyourvoice #eachoneteach We have a right to be right. @iamdonisha @directedbykells @ahutchphoto @komiolaf

Uma publicação compartilhada por Donisha Prendergast (@iamdonisha) em

Ainda de acordo com a publicação, a polícia chegou e confrontou o trio, explicando que um vizinho viu “três negros roubando coisas”. “Como se tivesse invadido a casa e pegado coisas”, é o que se pode ouvir de um policial em vídeo postado por ela no Instagram. Depois de cerca de 20 minutos de debate, a polícia acabou aceitando que o grupo era “locatário da Airbnb e estava na residência como convidado”, disseram os agentes.

 

“Fui cercada pela polícia por ser negra em um bairro branco”, escreveu Prendergast em um post do Instagram no dia 1º de maio com o vídeo do incidente. “Estou triste e irritada ao ver que o medo ainda é o primeiro lugar que os policiais vão atender em sua busca para servir e proteger, ao ponto que o protocolo substitui sua capacidade de discernimento”, compeltou a Prendergast, de 33 anos.

Ela é filha de Sharon Marley e compartilhou pelo Instagram toda a abordagem.

+ sobre o tema

Foto de soldados britânicos fazendo saudação nazista é investigada

  Dois soldados britânicos foram fotografados em uma...

Lauryn Hill e a entrevista para a Rede Globo

A cantora americana Lauryn Hill chega nos próximos dias...

para lembrar

Os danos psicológicos dos preconceitos para ativistas – por Jarid Arraes

As consequências da segregação social e dos preconceitos têm...

Moradores da Vila Cruzeiro negam confronto que resultou na morte de menor

Parentes e vizinhos do menor Abrahão da Silva, 14...

Deputado defende cotas para afro descendentes

Fonte: Grupo de Trabalho de Ação Social - ...
spot_imgspot_img

Uma pessoa negra foi morta a cada 12 minutos ao longo de 11 anos no Brasil

Uma pessoa negra foi vítima de homicídio a cada 12 minutos no Brasil, do início de janeiro de 2012 até o fim de 2022....

Como as mexicanas descriminalizaram o aborto

Em junho de 2004, María, uma jovem surda-muda de 19 anos, foi estuprada pelo tio em Oaxaca, no México, e engravidou. Ela decidiu interromper...

Como o diabo gosta

Um retrocesso civilizatório, uma violência contra as mulheres e uma demonstração explícita do perigo que é misturar política com fundamentalismo religioso. O projeto de lei...
-+=