Nota de Pesar pelo falecimento de Yá Mukumby

Enviado por / FonteDo Seppir

A SEPPIR lamenta profundamente a morte de uma das mais conhecidas líderes do movimento negro do Paraná, Vilma Santos de Oliveira, a Yá Mukumby, sua mãe e sua neta. Elas faleceram no Jardim Champagnat, em Londrina, no norte do Paraná, vítimas de um crime trágico.

Vilma Santos de Oliveira tinha 63 anos e era conhecida como Yá Mukumby, uma das mães de santo do candomblé mais conhecidas naquele estado e referência no movimento negro paranaense.

Em 2010, sua história de vida foi contada no livro Yá Mukumby, A Vida de Vilma Santos de Oliveira. A publicação integra a coleção Presença Negra em Londrina, da editora da Universidade Estadual de Londrina.

 

 

+ sobre o tema

Aos 105 anos, morre a integrante mais velha da Irmandade da Boa Morte

Aos 105 anos, morre a integrante mais velha da...

Nossa Gente, Axé! Adeus prematuro a Isabel Cristina Santos Machado

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - SEÇÃO DO ESTADO...

Luiza Bairros Vive!

Dia 12 de julho, completa 1 ano que Luiza...

Morre em Salvador a líder religiosa Makota Valdina

A educadora, líder religiosa e militante da causa negra,...

para lembrar

spot_imgspot_img

Cantora de “Tecnomacumba” lamenta veto a show e diz que decisão fomenta o ódio

Elverson Cardozo Proibida de se apresentar em Campo Grande, na Quinta Gospel, a cantora Rita Ribeiro, ou Rita Benneditto, como passou a ser chamada em...

Tudo o que você gostaria de saber sobre macumba e nunca teve coragem de perguntar

Lei 10.639/03- Tudo o que você gostaria de saber sobre macumba e nunca teve coragem de perguntar. Vídeo produzido pela Vila Cultural Alma Brasil para...
-+=