ONU Mulheres e parceiros criam Comitê Brasil ElesPorElas em apoio a movimento internacional pela igualdade de gênero

ONU Mulheres está liderando frente multisetorial composta por empresas, universidades, governos, sociedade civil, homens públicos e mídia, para sensibilização da sociedade brasileira, engajamento à plataforma global www.heforshe.org/pt e ações inovadoras para a igualdade de gênero

Conquistar o apoio de um bilhão de homens e meninos de todo o mundo em defesa dos direitos de mulheres e meninas e promover transformações em empresas, governos e universidades com a perspectiva de gênero. Com este objetivo, o Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero busca apoio de governos, empresas, universidades, sociedade civil, homens públicos e mídia.

No Brasil, essa rede é articulada por meio do Comitê Nacional Impulsor Brasil ElesPorElas (HeForShe). Pelos governos, participam a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) e a Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Seis empresas compõem o eixo corporativo – duas públicas e quatro privadas: Avon, Correios, Itaipu Binacional, KPMG, Renault e Unilever.

Pela academia, estão a Universidade de São Paulo (USP), uma das dez universidades globais do Impacto 10x10x10 HeForShe, a Universidade de Brasília (UnB) e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro. A sociedade civil está representada por duas organizações feministas e três voltadas aos homens: Articulação de ONGS de Mulheres Negras Brasileiras, Articulação de Mulheres Brasileiras, Instituto Papai, Promundo e Papo de Homem.

Entre os homens públicos, está o deputado estadual Edegar Pretto, coordenador da Frente Parlamentar de Homens pelo Fim da Violência contra a Mulher. Pela mídia, são três representações: GNT-Globosat, Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e Propeg Comunicação SA.

“Como um movimento de solidariedade, ElesPorElas se constitui pela espontaneidade de apoio e interesse em somar ao debate, à mobilização e ao trabalho pela igualdade de gênero. Nossas parceiras e parceiros têm identidade com essa causa e poderemos avançar, no Brasil, no enfrentamento às desigualdades de gênero e raça que vulnerabilizam as mulheres e meninas, sobretudo da perspectiva racial”, explica Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres Brasil.

onu mulheres
Grupo é composto por governos, empresas, universidades, sociedade civil, homens públicos e mídia

O grupo atuará na sensibilização da sociedade brasileira, engajamento à plataforma global www.heforshe.org/pt e ações inovadoras para a igualdade de gênero. “Estamos diante de uma janela histórica para que o empoderamento de mulheres e meninas realmente possa acontecer, nos próximos 15 anos, e isso depende de consciência pública, prática cotidiana, investimentos e muito trabalho para eliminar as barreiras que separam mulheres de homens e meninas de meninos”, completa Gasman.

Comitê Brasil – Criado em 25 de junho de 2015, em Foz do Iguaçu, o Comitê Nacional Impulsor Brasil ElesPorElas (HeForShe) colaborará para a realização de ações em favor do movimento, atuando como grupo ad hoc, por meio da troca de experiências e atividades de impacto, para ampla mobilização de homens e meninos para o movimento.

Tem caráter consultivo, para avaliar estratégias nacionais de mobilização do público masculino e compromissos institucionais e corporativos a serem incentivados e incorporados em empresas, governos e universidades. O Comitê Nacional se alinha ao conjunto dos esforços do movimento ElesPorElas no que se refere às estratégias do movimento, com a finalidade de atuar para a viabilidade e a implementação das ações no Brasil. Sua vigência seguirá o período de realização do movimento ElesPorElas (HeForShe).

ElesPorElas – Criado pela ONU Mulheres, o movimento ElesPorElas (HeForShe) é um esforço global para envolver homens e meninos na remoção das barreiras sociais e culturais que impedem as mulheres de atingir seu potencial e a organizar juntos, homens e mulheres, uma nova sociedade.

+ sobre o tema

10 frases que parecem inofensivas, mas são muito gordofóbicas

Às vezes, na maior das boas intenções, as pessoas...

Democracia feminista

à generosidade de cada feminista que se reuniu no dia...

“Homens não vão protagonizar o feminismo”, afirma Pitty

Segundo cantora, cabe ao gênero masculino dar apoio ao...

para lembrar

27 secretários de Segurança se reúnem para discutir estupro: apenas um é mulher

O ministro interino da Justiça, Alexandre de Moraes, se...

Com campanha sexista, linha “Homens que Amamos” da Risqué gera polêmica

Com uma campanha recheada de machismo e sexismo, a...

Ser feminista negra é uma coisa.Ser feminista branca é outra coisa.

Pra quem não sabe, Eliane é esposa do Mano...

Suécia cria pronome de gênero neutro, para além do ‘ele’ e ‘ela’

Expressão ‘hen’ integrará novo dicionário oficial, atualizado a cada...
spot_imgspot_img

Homens ganhavam, em 2021, 16,3% a mais que mulheres, diz pesquisa

Os homens eram maioria entre os empregados por empresas e também tinham uma média salarial 16,3% maior que as mulheres em 2021, indica a...

Escolhas desiguais e o papel dos modelos sociais

Modelos femininos em áreas dominadas por homens afetam as escolhas das mulheres? Um estudo realizado em uma universidade americana procurou fornecer suporte empírico para...

Ministério da Gestão lança Observatório sobre servidores federais

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) lança oficialmente. nesta terça-feira (28/3) o Observatório de Pessoal, um portal de pesquisa de...
-+=