Oscar 2018: Jordan Peele se torna o primeiro cineasta negro a ser indicado como diretor, produtor e roteirista

O realizador fez sua estreia na premiação como se fosse um veterano da Academia.

Por Renato Furtado, do Adoro Cinema 

Foto: Rich Fury/Invision/AP

Corra!, um dos grandes sucessos e uma das mais gratas surpresas de 2017, teve seus méritos reconhecidos pela Academia do Oscar. O “suspense social” de Jordan Peele foi indicado a quatro prêmios, sendo que três destas nomeações dizem respeito ao cineasta responsável pelo aclamado filme. Aliás, por ter sido indicado como diretor, produtor e roteirista, Peele acaba de fazer história: ele se tornou o primeiro realizador negro a alcançar tal feito.

A temporada de premiações costuma escancarar ainda mais o grave problema da falta de representatividade na indústria cinematográfica. Historicamente falando, Peele é apenas o quinto artista negro a ser indicado ao prêmio de Melhor Direção. Anteriormente, só John Singleton (Os Donos da Rua), Lee Daniels (Preciosa – Uma História de Esperança), Steve McQueen (12 Anos de Escravidão) e Barry Jenkins (Moonlight: Sob a Luz do Luar) foram incluídos na lista final de cinco nomeados do Oscar. O diretor de Corra! também é o quarto roteirista negro a receber uma nomeação na categoria Melhor Roteiro Original: Suzanne de Passe (O Ocaso de Uma Estrela); Spike Lee (Faça a Coisa Certa); e o supracitado Singleton são seus “veteranos”. Portanto, se derrotar seus concorrentes diretos em alguma das duas ou em ambas disputas, Peele tornará-se o primeiro vencedor negro de cada categoria.

“Agora só estou pensando nas pessoas que compraram um ingresso e falaram para outras pessoas fazerem o mesmo. Vocês fizeram isso. Obrigado”

Ainda no quesito direção, parece que o movimento por maior representatividade em Hollywood finalmente fez efeito nos membros da Academia – há dois anos criticados por causa do #Oscarsowhite -, que indicaram tanto Peele quanto Greta Gerwig (Lady Bird – A Hora de Voar) ao troféu de Melhor Direção. Ambos foram deixados de fora das categorias equivalente do Globo de Ouro e do BAFTA, e suas ausências nas listas destas premiações provocou inúmeras críticas nas redes sociais. Se quiserem continuar fazendo história, no entanto, Peele e Gerwig – quinta mulher a ser nomeada ao prêmio em questão – terão que derrotar rivais bastante fortes: Christopher Nolan (Dunkirk), Guillermo del Toro(A Forma da Água) e Paul Thomas Anderson (Trama Fantasma).

E aí, quem você acha que leva o caneco de Melhor Direção para a estante de casa? Os vencedores do Oscar serão conhecidos no dia 4 de março – confira aqui a lista completa de indicados.

+ sobre o tema

Festa da Boa Morte atrai baianos e turistas para Cachoeira, na Bahia

Por: Lílian Marques Procissão da Irmandade marca o início...

Músico Paulo Moura morre de câncer aos 77 anos no Rio

O corpo do clarinetista Paulo Moura, de 77 anos,...

“Mandela não verá a Copa”

Por: LUIZ ZINI PIRES Aos 32 anos, cidadão de...

Norte-africanos podem ter fabricado iogurte há 7 mil anos

  Norte-africanos podem ter fabricado iogurte há 7...

para lembrar

Na terra natal de Mandela, falar de morte é tabu

No povoado natal do herói e ex-presidente sul-africano Nelson...

Mombaça lança single/clipe com participação especial de Gilberto Gil

Autor de canções de sucesso em parceria com Mart’nália,...
spot_imgspot_img

Itamar Vieira Junior estreia nos livros infantis com trama de crianças trabalhadoras

"O público infantil não deve ser poupado de conhecer essa realidade", afirma Itamar Vieira Junior que em seu primeiro título infantojuvenil, "Chupim", quer direcionar o olhar atento...

2 de Julho: multidão vai às ruas para comemorar a independência da Bahia

Baianos e turistas participam, nesta terça-feira (2/7), das celebrações da Independência do Brasil na Bahia. A data marca a expulsão das tropas portuguesas do solo...

Filme mostra busca por memória negra e indígena na luta pela independência do Brasil

Nesta quinta-feira (4), estreia o documentário “2 de Julho: A Retomada”, que relembra as lutas que consolidaram a Independência do Brasil com a expulsão...
-+=