Paim cresce quatro pontos e se consolida em 2º para o Senado no RS, diz Datafolha

Paulo Paim (PT) cresceu mais quatro pontos desde a semana passada e consolidou a segunda posição na disputa por duas vagas de senador pelo Rio Grande do Sul, deixando o ex-governador Germano Rigotto (PMDB) em terceiro lugar.

Segundo pesquisa Datafolha realizada nos dias 21 e 22, Paim passou de 41% para 45% das intenções de voto, enquanto Rigotto caiu de 41% para 38%.

A líder da disputa é Ana Amélia Lemos (PP), que oscilou positivamente dois pontos e voltou a ter 49%.

Brancos e nulos somam 5% para uma das vagas, e 2% para as duas. Estão indecisos para um dos votos 29%, e 14% não decidiram nenhum dos candidatos.

+ sobre o tema

Que escriba sou eu?

Tenho uma amiga que afirma que a gente só prova...

Em carta a Dilma, MPL lembra de índios e pede diálogo com movimentos sociais

Convidado para reunião com a presidenta, Passe Livre pediu...

Vox/Band/iG: Dilma cai de 56% para 54%

Candidata petista varia para baixo pela primeira vez dentro...

Movimento negro cobra auxílio emergencial de R$ 600 e vacina para todos pelo SUS

Nesta quinta feira (18), a Coalizão Negra por Direitos,...

para lembrar

UnB adia início das aulas por causa de nova gripe

Fonte: Globo.com Começo do semestre, previsto para o próximo dia...

Lilia Moritz Schwarcz: “O Brasil pratica uma política de eufemismos”

A antropóloga é coautora do livro "Brasil: Uma Biografia" Por Itamar...

Governo lança plano de combate ao crack, investimentos chegam a R$ 4 bilhões

O governo federal lançou nesta quarta-feira um conjunto de...

Hillary Clinton exorta Africanos a seguir exemplo de Cabo Verde

Fonte: Panapress - Praia, Cabo Verde (PANA) - A...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=