PSDB é acusado de usar site para fazer propaganda negativa contra Dilma

A vice-procuradora geral eleitoral, Sandra Cureau, entrou com uma representação na sexta-feira (4), pedindo que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) condene PSDB ao pagamento de R$ 25 mil por veicular propaganda eleitoral antecipada negativa contra a pré-candidata à Presidência da República Dilma Rousseff (PT) no site Gente que Mente (www.gentequemente.org.br).

Além da multa, a representação pede que todo o conteúdo do site, notícias e comentários, seja suspenso por 24 horas.

Para Sandra Cureau, as passagens transcritas do site têm evidente conotação eleitoral, já que há menção expressa às eleições de 2010, pedido de voto e comparação entre governos, com o propósito de prejudicar a pré-candidata do Partido dos Trabalhadores (PT) Dilma Rousseff e beneficiar o pré-candidato tucano José Serra na disputa eleitoral.

No próprio site, há a informação de que ele foi criado pelo PSDB e é administrado por um grupo de colaboradores do partido. Na apresentação, afirmam que o objetivo do site “é combater o uso da mentira como arma política”.

Fonte: UOL

 

+ sobre o tema

Metade das crianças violentadas foi agredida mais de uma vez

O Brasil registrou 58,3 mil casos de estupro de crianças e...

SP enquadrou 31 mil negros como traficantes em situações similares às de brancos usuários

Para a polícia de São Paulo, a diferença entre um traficante e...

STF retoma julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quinta-feira (20)...

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

para lembrar

Onde foram parar os adultos?

Somos uma sociedade infantilizada, que não sabe perder, tem...

Convite para blogagem coletiva Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial

Convite para blogagem coletiva Dia Internacional pela Eliminação da...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos e, se aprovado, representaria uma ameaça para a vida principalmente das mulheres mais pobres do...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu a obra Mulheres Sonhadoras, Mulheres Cientistas, composta por dois livros, das escolas e bibliotecas do município. Escritos por...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e constranger o governo, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, facilitou a aprovação de...
-+=