Quatro meses após desaparecimento, famílias de meninos de Belford Roxo ainda permanecem sem respostas

Nesta terça-feira (27), completam-se quatro meses do desaparecimento dos meninos Fernando Henrique, Alexandre da Silva e Lucas Matheus. No dia 27 de dezembro do ano passado, eles saíram de casa, no bairro Castelar, em Belford Roxo, Baixada Fluminense, e desde então não foram mais vistos.

As investigações iniciais, feitas pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), apontavam para a participação de traficantes no sumiço dos meninos. No entanto, não há nenhuma pista que garanta essa possibilidade.

No começo de março, o Ministério Público do Rio de Janeiro encontrou imagens de câmeras de segurança que mostraram que os garotos passaram pela Rua Malopia, no bairro vizinho.

O RJ1 pediu entrevista para o secretário de Polícia Civil e com o delegado responsável pela investigação. A polícia, no entanto, enviou apenas uma nota.

Segundo o órgão, até agora foram feitas mais de 80 diligências e imagens coletadas durante as investigações foram enviadas para as famílias.

Ainda de acordo com a polícia, investigações iniciais indicam que as crianças saíram do Castelar em direção à Feira de Areia Branca, em um percurso de três quilômetros.

A polícia pede para que informações sobre o que pode ter ocorrido com os três meninos sejam enviadas à DHBF ou ao Disque-Denúncia (2253-1177).

+ sobre o tema

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

A longa espera por justiça é uma realidade presente...

Primeira mulher trans a liderar bancada no Congresso, Erika Hilton diz que vai negociar ‘de igual para igual’

A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) foi aclamada nesta quarta-feira como...

Estrela do Carnaval, ex-passista Maria Lata D’Água morre aos 90 anos em Cachoeira Paulista, SP

A ex-passista Maria Mercedes Chaves Roy – a ‘Maria...

para lembrar

O estigma da raça: crianças negras, educação básica e racismo

Resumo Resumo: Este artigo apresenta um fragmento do trabalho de pesquisa...

Eduardo Pereira da Silva: A Marcha das Crianças de 1963

Como uma reflexão para este dia das crianças, 12...
spot_imgspot_img

Progressão escolar amplia desigualdade racial, diz estudo

No começo da escolarização básica, alunos negros e brancos partem de condições desiguais. No final dela, estão ainda mais distantes. É o que indica...

Yale homenageia menina negra denunciada à polícia por pulverizar insetos invasores

A Universidade de Yale homenageou Bobbi Wilson, uma menina negra de 9 anos que foi denunciada à polícia após pulverizar moscas-lanternas, uma espécie de inseto invasor...

Justiça do RJ torna réus oito acusados de envolvimento na morte de meninos de Belford Roxo

Oito pessoas denunciadas pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) como envolvidas na morte de três meninos em dezembro de 2020 na...
-+=