RACISMO EM RIBEIRÃO PRETO: Universidade expulsa alunos suspeitos de agressão no interior de SP

Três alunos de medicina agrediram e ofenderam um homem.

Crime foi em dezembro e eles respondem por racismo.

 

 

Os três estudantes de medicina suspeitos de agredir um auxiliar de serviços no dia 12 de dezembro de 2009, em Ribeirão Preto, a 313 km de São Paulo, foram desligados do Centro Universitário Barão de Mauá, onde estudavam.

O trio é suspeito de atacar o auxiliar de serviços gerais Geraldo Garcia, de 55 anos, com um tapete e ofendê-lo por causa de sua cor. A ação foi vista por várias testemunhas. Uma comissão composta por professores e funcionários decidiu pela expulsão, depois das investigações.

Os estudantes respondem na Justiça pelo crime de injúria qualificada por racismo. O advogado dos rapazes, Carlos Roberto Mancini, disse que vai recorrer da decisão, mas que, por enquanto, aguarda manifestação do judiciário para se pronunciar.

Em entrevista dias após o caso (veja o vídeo acima), Garcia comentou: “Vieram com um tapete enrolado e acertou bem forte. Deu aquele estralo nas minhas costas. Foi maldade deles. Para mim, quem faz isso tem que ser punido mesmo”. O auxiliar de produção ia para o trabalho de bicicleta na manhã de sexta-feira (11) quando foi atingido com um tapete nas costas. Ele caiu no chão e machucou a mão.

Fonte: G1

+ sobre o tema

Literatura afro-brasileira: coletânea reúne 18 histórias sobre os orixás

A editora Malê lançou o livro “Contos de axé:...

Morte de jovem negro pela polícia gera repúdio na Alemanha

Cerca de 200 manifestantes – a maioria jovens –...

Policial militar que fez ataques racistas em vídeo vira réu em ação penal

O policial militar da reserva, que aparece em um vídeo admitindo...

O racismo que mata por Carolina Trevisan

Maria Carolina Trevisan O homicídio de um jovem negro mobilizou...

para lembrar

O racismo começa na gravidez

Série de reportagens aborda a realidade de mulheres negras...

Mais de 100 entidades protestam contra bandeira racista em festa de Santa Bárbara d’Oeste

Movimentos sociais protestaram no último domingo, dia 28 de...

Secretário irá ao Supremo para manter cotas no vestibular

-Fonte: DCI - Comércio, Indústria & Serviços - ...
spot_imgspot_img

Como o diabo gosta

Um retrocesso civilizatório, uma violência contra as mulheres e uma demonstração explícita do perigo que é misturar política com fundamentalismo religioso. O projeto de lei...

Homens, o tema do aborto também é nossa responsabilidade: precisamos agir

Nesta semana, a escritora Juliana Monteiro postou em suas redes sociais um trecho de uma conversa com um homem sobre o aborto. Reproduzo aqui: - Se liberar o...

A falácia da proteção à vida

A existência de uma lei não é condição suficiente para garantir um direito à população. O respaldo legal é, muitas vezes, o primeiro passo...
-+=