Tag: Movimento Negro

A atriz Camila Pitanga e os cantores Zeca Pagodinho e Emicida são alguns dos apoiadores de campanha do movimento negro contra a fome (Imagem: Divulgação/Mostra de Tiradentes, Roberto Filho/WikiMedia Commons e WikiMediaCommons)

Ação do movimento negro contra fome reúne artistas e levanta mais de R$ 5 mi

Projeto quer ajudar 223 mil famílias Zeca Pagodinho e Emicida apoiam PoderData revela dados sobre tema Problema atinge 36% dos brasileiros   “Tem gente com fome”. Esse é o mote de campanha do movimento negro que já arrecadou mais de R$ 5 milhões em doações para combater a insegurança alimentar no Brasil. A ação é coordenada pela Coalizão Negra por Direitos, articulação que reúne mais de 200 organizações sociais ligadas à temática racial. O grupo mapeou 222.895 famílias em situação de vulnerabilidade e, desde 17 de março, distribui alimentos em pontos físicos nas 5 regiões brasileiras. De acordo com os coordenadores da campanha, até a manhã deste domingo (4.abr.2021), 22 mil famílias já foram atendidas. Cada uma recebe alimentos que somam valor de R$ 200. O valor arrecadado na plataforma on-line já chegou a R$ 5.106.523,00, vindo de 15.901 doadores. De acordo com os organizadores, para todas as famílias mapeadas ...

Leia mais
Douglas Belchior (Foto: Marlene Bargamo/Folhapress)

Diante da tragédia, o movimento negro reage, em nome da maioria

Quando, em 18 de outubro de 2018, ocupamos o Teatro Oficina em São Paulo, com mais de mil pessoas para o debate “No país da escravidão, de que fascismo falamos?”,1 o combinado foi o seguinte: “Temos de operar um milagre nesta semana e meia. Temos de derrotar Bolsonaro nas urnas. E depois, se tudo der certo e vencermos a eleição com Haddad, voltamos a nos encontrar para pensar o que virá, porque podemos até vencer nas urnas, mas o fascismo não voltará para o armário, teremos de lidar, conviver com ele. Temos de nos preparar para enfrentá-lo”. Como sabemos, não rolou milagre. Perdemos nas urnas. Bolsonaro foi eleito. E, sim, tivemos de lidar com ele, com seu governo e com o fascismo que passou a brotar em todas as esquinas, feito erva daninha. Levamos a sério a promessa daquela noite memorável e histórica para o movimento negro de São Paulo. Ali reunidas ...

Leia mais
Lula Rocha, expoente do movimento negro do Espírito Santo - Arquivo pessoal

Morte: Agregador, articulou cultura e educação no movimento negro

“Salve, salve”, dizia Luiz Inácio Silva Rocha ao encontrar uma das muitas pessoas que o procuravam, seja para bater um papo, seja para pedir algo. “Tamo junto”, dizia invariavelmente ao final da conversa. A saudação virou sua marca, tantas foram as as atividades em que ele se envolveu para ajudar alguém. Dizer que sua militância política veio do berço seria impreciso. Sua mãe, atuante na pastoral operária, ainda estava grávida dele, nos anos 1980, quando colegas a provocaram: “o bebê vai chamar Tancredo?” Não, decidiu ela ali: seria Luiz Inácio, como o líder sindical do ABC e fundador do Partido dos Trabalhadores que ela e seu marido admiravam. Assim como seu xará que viria a se tornar presidente, o Lula filho de Maria da Penha chegou a ser filiado ao PT, mas depois mudou para o PSOL. Viveu a vida toda na periferia de Cariacica, na Grande Vitória, onde fez amizades ...

Leia mais
Ato em São Paulo, em frente ao Banco Central, na Av. Paulista. (Foto: Elineudo Meira/@fotografia.75/Fotos Públicas)

Atos do movimento negro em 20 estados cobram retomada do auxílio emergencial: ‘Tem gente com fome’

A Coalizão Negra por Direitos realiza nesta quinta (18) manifestações nas Casas Legislativas de 20 estados do Brasil e no Congresso Nacional. O motivo da mobilização é cobrar do governo federal a retomada do auxílio emergencial, com parcelas de pelo menos R$ 600 até o fim da pandemia, e também um plano de vacinação em massa a toda a população. A organização, formada por 200 entidades do movimento negro, denuncia à população que o estado de calamidade pública, ocasionado pela pandemia, embora não tenha criado a pobreza e o racismo, trouxe “impactos desiguais”. E tornou ainda mais vulnerável a população negra e periférica, “dada a piora substancial de suas condições de vida”. “A luta é para todos os brasileiros por um país justo, sem racismo, sem discriminação racial e pelo fim do extermínio do nosso povo. É uma ação do povo negro para toda a população brasileira. Essa é uma ...

Leia mais
Membros da Coalizão Negra por Direitos se encontram com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) - Juca Guimarães/Alma Preta

Movimento negro cobra auxílio emergencial de R$ 600 e vacina para todos pelo SUS

Nesta quinta feira (18), a Coalizão Negra por Direitos, uma aliança que reúne movimentos negros de todo o país, realizará manifestações em todos os 27 estados brasileiros e no Congresso Nacional. O motivo da mobilização é a reivindicação de que o governo federal prorrogue a política do auxílio emergencial até o fim da pandemia da Covid-19, com parcelas de ao menos R$ 600. As manifestações trazem também a exigência de que sejam garantidas vacinas de imunização contra Covid-19 para todas e todos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), em resistência à sanha do setor privado em abocanhar vacinas. Na última semana, a coalizão, em missão da Campanha pela Renda Básica que Queremos, esteve no Congresso, dialogando com deputados e senadores sobre o tema. Em pronunciamento durante ato no Salão Verde da Câmara dos Deputados, convocado pela Frente Parlamentar Mista de Renda Básica, evidenciamos a necessidade da prorrogação do auxílio com um ...

Leia mais
Lula Rocha (Foto: Mariana Carvalho/G1)

Lula Rocha, ativista do movimento negro e militante do Círculo Palmarino, morre aos 36 anos

Faleceu na manhã desta quinta-feira (11), em Serra (ES), o ativista do movimento negro e dos direitos humanos Luiz Inácio Silva Rocha, aos 36 anos. Lula Rocha, como era conhecido, estava internado no Hospital Dório Silva para fazer uma hemodiálise e a causa de sua morte ainda não foi divulgada. Como forte atuação em prol da causa negra no Espírito Santo, Lula Rocha foi membro do Círculo Palmarino, corrente nacional do movimento negro criado na cidade de Vitória em 2006. “Lulinha, como era carinhosamente chamado por seus familiares e amigos próximos, deixa um legado imensurável em pouco tempo de sua existência, lacuna essa difícil de reparar a curto prazo. Uma perda inesquecível para as lutas políticas e sociais do Espirito Santo, o Brasil e para seus familiares e amigos que o amam”, diz nota de pesar divulgada pelo Círculo Palmarino. O ex-presidente Lula, cujo nome foi a inspiração dos pais ...

Leia mais
Tommie Smith (centro) e John Carlos (dir.) nos Jogos Olímpicos da Cidade do México, 1968 (Foto: AFP)

O Partido dos Panteras Negras no século 21

Eletrizada e arrebatada, foi como me senti ao assistir o trailer do filme "Judas and the Black Messiah", do diretor Shaka King (ainda sem previsão de lançamento no Brasil). O filme ficcionaliza um acontecimento verídico: o assassinato de Fred Hampton, uma liderança importante do Partido dos Panteras Negras. O nome do filme faz referência à conhecida história bíblica de traição, possivelmente a maior de todas. Mas também há uma questão da época: o temor do surgimento do Messias Negro. A liderança que seria capaz de unificar politicamente a comunidade negra e estabelecer uma convergência entre os movimentos sociais. O assassinato de Fred Hampton foi planejado pelo Cointelpro, um programa de contrainteligência criado em 1956 pelo FBI para eliminar a dissidência política no país. Em 1969, o seu principal alvo eram os Panteras Negras, considerados a ameaça número um à segurança nacional. O Cointelpro partia da lógica de que tudo valia, ...

Leia mais
Arte por Raquel Batista

O Movimento Negro Organizado Hoje: Vozes da Coalizão Negra Por Direitos #DesenraizandoRacismo

Esta é a segunda matéria de uma série de três sobre a Coalizão Negra por Direitos e dá início a uma série de matérias do projeto antirracista do RioOnWatch. Conheça o nosso projeto que trará conteúdos midiáticos semanais ao longo de 2021—Enraizando o Antirracismo nas Favelas: Desconstruindo Narrativas Sociais sobre Racismo no Rio de Janeiro. Para contribuir com essa pauta, clique aqui. 31 de dezembro de 2020, no último dia do ano, com quase 200.000 vidas perdidas para a Covid-19 no país, em uma pandemia que no Brasil mata mais negros, 81 lideranças de movimentos negros de todo o país gravaram um manifesto, em vídeo, para enviar sua mensagem ao povo brasileiro. Trata-se de mais uma ação de enfrentamento ao racismo da Coalizão Negra Por Direitos, uma articulação com incidência política no Congresso Nacional e fóruns internacionais. A Coalização reúne mais de 150 coletivos, instituições e entidades do movimento negro brasileiro de hoje. No vídeo Manifesto da Coalizão Negra Por Direitos | Por um 2021 Verdadeiramente ...

Leia mais
Ivanir Dos Santos / Arquivo Pessoal

Comunidade judaica e movimento negro se movimentam contra dois prefeitos do Rio

Há uma articulação de setores da comunidade judaica e de representantes do movimento negro para realizarem ações conjuntas contra os prefeitos de Rio das Ostras, Marcelino Borba, e Duque de Caxias, Washington Reis. O primeiro sugeriu que judeus são “gananciosos e só pensam em dinheiro”, o que levou a Federação Israelita a acionar a Justiça por “preconceito abjeto”. Já.... Reis é alvo de uma ação do Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (Ceap) por dizer, na posse, que seus adversários em Duque de Caxias apelaram ao TRE, ao STF, ao STJ e “foram na esquina da macumba”: “O pronunciamento, de tom irônico, promove a intolerância às religiões de matriz africana”, diz o Babalawô Ivanir dos Santos.   Fonte: Por Ancelmo Gois, enviado para O Globo 

Leia mais
Logo Uneafro (Foto/Reprodução/Uneafro )

Organizações do movimento negro publicam manifesto em apoio a Boulos em SP

Organizações do movimento negro lançaram um manifesto em apoio à candidatura de Guilherme Boulos (PSOL), que disputa o segundo turno contra Bruno Covas (PSDB) em São Paulo. Entre os signatários estão grupos como Educafro, Uneafro Brasil, Movimento Negro Unificado e Marcha de Mulheres Negras de SP. "Nós, população negra organizada, mulheres negras, pessoas faveladas, periféricas, LGBTQIA+, que professam religiões de matriz africana, quilombolas, pretos e pretas com distintas confissões de fé, moradoras e moradores da cidade de SP, manifestamos nosso apoio à candidatura de Guilherme Boulos e Luiza Erundina e à urgência em derrotar o PSDB genocida e o bolsonarismo na cidade de São Paulo", diz trecho do manifesto. O site da Uneafro publicou o manifesto na íntegra e links para grupos de apoio no WhatsApp. Painel Editado por Camila Mattoso, espaço traz notícias e bastidores da política. Com Mariana Carneiro e Guilherme Seto. Fonte: Folha de S. Paulo, por ...

Leia mais
Urna eletrônica em colégio eleitoral do Rio de Janeiro (Foto: Pedro Kirilos)

Lideranças lançam plataforma on-line para divulgar candidaturas comprometidas com o movimento negro pelo país

A um mês do primeiro turno das eleições municipais, líderes de organizações do movimento negro e cidadãos comuns decidiram lançar a plataforma “#Votos Antirracistas”. A iniciativa tem o objetivo de apresentar candidaturas de pessoas negras que tenham trajetória de trabalho, vínculo e compromisso com a agenda do movimento no país. Na página, há um pequeno resumo das propostas de cada candidatura, bem como eventuais links para as redes sociais e financiamento coletivo. A plataforma ainda tem as suas próprias redes e um espaço de blog para publicar textos analíticos, de membros do movimento e dos próprios candidatos. De início, já estão cadastradas cerca de 200 candidaturas ligadas aos vários grupos do movimento negro. A plataforma também é colaborativa. Há um espaço para a indicação de novas candidaturas, desde que estejam conectadas às pautas dos movimentos. Após avaliação da curadoria do site, elas também serão registradas. Uma decisão do Supremo Tribunal ...

Leia mais
Ilustração de Jairo Malta

Com diferenças políticas, movimento negro no Brasil luta contra apagamento histórico

A onda de protestos antirracistas que tomou os EUA e o mundo desde maio, quando imagens da execução de George Floyd por um policial branco viralizaram globalmente, ganhou novo capítulo dentro das quadras da maior liga de basquete do planeta, a NBA. Jogadores do Milwaukee Bucks boicotaram uma partida dos playoffs no final de agosto em protesto contra um outro episódio de violência. Em efeito cascata, outras equipes e ligas esportivas aderiram à greve, que se tornou um novo marco na longa história de luta por igualdade racial nos EUA. “Imagina o impacto que teria Pelé, o maior atleta do século, discutindo racismo no Brasil em pleno auge da sua carreira?”, devaneia Douglas Belchior, ativista negro da Uneafro Brasil e articulador da Coalizão Negra por Direitos, ao comentar o impacto da atuação política de LeBron James, supercraque do Los Angeles Lakers, que passou a usar as quadras como plataforma do ...

Leia mais
O escritor Oswaldo de Camargo, 84 - Raphael Aguiar/Arquivo Pessoal

Movimento negro no Brasil tem que rumar para nova abolição, afirma ativista

Poeta, escritor e ativista dos mais importantes do movimento negro brasileiro, Oswaldo de Camargo terá pela primeira vez, aos 84 anos, parte de sua obra publicada por uma grande editora. A Companhia das Letras acaba de fechar o negócio, e três livros sairão no ano que vem. O primeiro é “15 Poemas Negros”, que teve prefácio do sociólogo Florestan Fernandes em 1961 e está fora de catálogo há décadas. Os outros são “O Carro do Êxito”, contos ficcionais de 1972, e a novela “A Descoberta do Frio”, de 1979, que tiveram edições pela Ateliê há quatro anos. Alguns desses poemas e contos foram publicados em francês, inglês e alemão. “É enorme alento para outros autores envolvidos com a literatura negra, demais desconhecida. Conhecer e divulgar autores desse ‘coletivo negro literário’ vai trazer muitas surpresas”, diz Camargo. Militante desde 1955, quando tinha 19 anos, o escritor faz uma literatura do negro ...

Leia mais
Ato reorganiza o movimento negro (1978) (Foto:Memorial da Democracia)

Dos clubes sociais à militância: a história do Movimento Negro em SC

O trabalho do movimento negro resgata a participação dessa parcela da população na construção da sociedade catarinense. Porém, as primeiras militâncias antirracistas começaram muito antes dos movimentos organizados politicamente como vemos hoje. Conforme a pedagoga Jeruse Romão, uma das fundadoras do NEN (Núcleo de Estudos Negros) em Florianópolis, as primeiras associações na luta negra contra o racismo em Santa Catarina ocorrem através dos clubes recreativos de negros. Criados para ser um espaço de socialização numa época onde eram impedidos de frequentar os clubes dos brancos, eles serviam também para o debate racial. Em um artigo publicado na revista Africanidades Catarinenses em 2009, a educadora resgata a história dessas agremiações. “Santa Catarina chegou a ter 12 clubes de negros, alguns ainda existentes nas cidades de Laguna, Criciúma, Tubarão, Lages, Joinville, Tijucas e Florianópolis”, aponta. Jeruse Romão, uma das fundadoras do NEN (Foto: Agência AL/Divulgação) Segundo a educadora, ...

Leia mais
(Foto: Imagem retirada do site Folha de S. Paulo)

Movimento negro pede que STJ suspenda ato de Weintraub revogando cotas para pós-graduação

Organizações ligadas ao movimento negro protocolaram no Superior Tribunal de Justiça (STJ) um mandado de segurança pedindo a suspensão do último ato de Abraham Weintraub como ministro da Educação, no qual ele revogou a portaria estipulando cotas para negros, indígenas e pessoas com deficiência em cursos de pós-graduação. "Fica evidente que o ato praticado pelo sr. Ministro da Educação, à míngua de motivação, infelizmente, manchando a honorabilidade de tão alto cargo, não passou de mero melindre com sua demissão", afirma o documento, assinado pela Coalizão Negra, que reúne 150 entidades de defesa dos direitos dos negros, e pelo Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos (CADHU). O mandado de segurança alega ainda que a revogação da portaria "violou o direito líquido e certo dos impetrantes , que atuam na luta por um país justo, com igualdade de direitos e oportunidades, exigindo um longo e profundo processo de reparação histórica à população ...

Leia mais
Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo

Mídia negra: Conheça 5 blogs, sites e portais antirracistas

O primeiro jornal oficial brasileiro foi criado em 1808, o Gazeta do Rio de Janeiro. A principal finalidade do meio era difundir os interesses da Coroa Portuguesa. Desde então, foram se conformando os grupos midiáticos familiares que permanecem até hoje no Brasil, com a formação dos veículos de comunicação atrelada ao pensamento das classes dominantes. O fato da mídia ter sido conformada dessa maneira no Brasil implicou em uma predominância do formato de comunicação comercial, visando o lucro e de caráter elitista, racista e machista. Por outro lado, no contraponto dessa mídia comercial, surge a imprensa negra, a comunicação popular e outros grupos que se propõem a trazer uma nova perspectiva sobre a realidade da população brasileira. Na série de dicas do Brasil de Fato Pernambuco de hoje, listamos cinco sites, blogs e portais organizados por pessoas negras e que se propõem a trazer notícias, artigos, reflexões e uma outra ...

Leia mais
(Foto: Reprodução/ Coalizão Negra por Direitos)

Manifesto: “Enquanto houver RACISMO, não haverá DEMOCRACIA”

Nós, população negra organizada, mulheres negras, pessoas faveladas, periféricas, LGBTQIA+, que professam religiões de matriz africana, quilombolas, pretos e pretas com distintas confissões de fé, povos do campo, das águas e da floresta, trabalhadores explorados, informais e desempregados, em Coalizão Negra por Direitos, viemos a público exigir a erradicação do racismo como prática genocida contra a população negra. O Brasil é um país em dívida com a população negra – dívidas históricas e atuais. Portanto, qualquer projeto ou articulação por democracia no país exige o firme e real compromisso de enfrentamento ao racismo. Convocamos os setores democráticos da sociedade brasileira, as instituições e pessoas que hoje demonstram comoção com as mazelas do racismo e se afirmam antirracistas: sejam coerentes. Pratiquem o que discursam. Unam-se a nós neste manifesto, às nossas iniciativas históricas e permanentes de resistências e às propostas que defendemos como forma de construir a democracia, organizada em nosso ...

Leia mais
Foto: Nelson Almeida/AFP

Movimento Negro e movimento antifascismo

“Até que a filosofia que torna uma raça superior e outra inferior, seja finalmente permanentemente  desacreditada e abandonada, haverá guerra” Bob Marley – War (canção) Devido os últimos acontecimentos políticos no Brasil e EUA, movimentos antirracistas e antifascistas se levantam com a defesa de uma sociedade livre do racismo estrutural e da sombra do autoritarismo. Medidas enérgicas protagonizadas pelo movimento negro nos EUA reverberaram mundo afora e se somaram as vozes que já se erguiam no Brasil contra as operações policiais nos morros e favelas.  Diante da movimentação, gerou-se um debate em torno de uma possível apropriação da onda antirracista por parte da esquerda brasileira, através do movimento antifascista que vem se espalhando pelas redes sociais e em manifestações de rua. Quero falar um pouco de experiências envolvendo a temática do fascismo no passado, de algumas considerações sobre Estado e sociedade e finalizar falando dos movimentos recentes no Brasil. Ao ...

Leia mais
Fotos Thiago Fernandes

Pré-Candidatura do Movimento Negro e Periférico é confirmada em SP

O Movimento Negro Uneafro Brasil, com apoio de diversos grupos e coletivos periféricos, definiu nesta última terça feira, dia 4 de fevereiro, sua a pré candidatura coletiva para disputa de uma vaga na Câmara de Vereadores. A iniciativa é composta por Elaine Mineiro, Debora Dias e Júlio César. Por Douglas Belchior, do Negro Belchior Fotos Thiago Fernandes O encontro fechado, que reuniu cerca de 50 lideranças de coletivos e movimentos de várias regiões de SP, reafirmou o compromisso de defesa, como em outras campanhas, de um projeto político do povo negro para São Paulo. CANDIDATURA DO MOVIMENTO NEGRO E PERIFERIAS. O movimento tem apresentado candidaturas nas últimas 3 eleições, sempre com caráter essencialmente coletivas e enraizadas nos guetos, do seio dos movimentos de luta negra e periférica. E isso não mudou. Desta vez, com estética renovada em formato coletivo, reuniram 3 lideranças de base, formadas no ...

Leia mais
Foto: Marta Azevedo

Movimento negro em coalizão

Entidades se reuniram para denunciar a organizações multilaterais violações aos direitos Por FLÁVIA OLIVEIRA, do  O Globo  Foto: Marta Azevedo Um conjunto de 117 organizações do movimento negro brasileiro tornou pública esta semana uma carta-compromisso de combate ao racismo e defesa de direitos. Desatrelada de partidos políticos, já é a maior articulação da sociedade civil afrodescendente neste século. É esse o tuíte. No limite dos 280 caracteres estabelecidos pela rede social preferida de dez entre dez governantes no Brasil e mundo afora, o par de sentenças resume a gênese e a ambição da Plataforma de Princípios e Agendas da Coalizão Negra por Direitos . No país do presidencialismo de coalizão, conceito tão bem estruturado pelo cientista político Sérgio Abranches, a aliança do movimento negro, historicamente relacionado a desunião e ruptura, é fato político relevante. “Eu destacaria que, numa tradição de grande fragmentação, a ideia de coalizão ...

Leia mais
Página 1 de 5 1 2 5

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist