TERREMOTO HAITI:Presidente do Haiti agradece ajuda do Brasil

 

O presidente do Haiti, René Préval, agradeceu a ajuda do Brasil neste instante em que aquele país passa por dificuldades em função do terremoto que devastou a capital Porto Príncipe na última terça-feira (12/1). A manifestação de Préval ocorreu durante reunião entre o ministro da Defesa, Nelson Jobim, o presidente da República Dominicana, Leonel Fernández, autoridades do governo do Peru, no Batalhão Brasileiro (Brabatt), na capital haitiana. Na ocasião, Jobim informou os cinco pontos do plano emergencial divulgado no fim da manhã desta quinta-feira (14/1) pelo Ministério da Defesa.

No mesmo encontro, o ministro brasileiro confirmou a chegada, nesta sexta-feira (15/1), do hospital de campanha da Aeronáutica, com capacidade de atender 300 pacientes. Tão logo o equipamento seja desembarcado, iniciará a operação de socorro às vítimas. Outro ponto em questão diz respeito ao sepultamento dos corpos. Há uma preocupação quanto à demora para a realização dos enterros, em especial, por causa de epidemias.

Um relato exclusivo ao Blog do Planalto confirmou que tão logo aconteceu a tragégia, dezenas de pessoas buscaram abrigo no batalhão brasileiro. Pelo menos 70 cidadãos daquele país estão sendo atendidos numa garagem que foi improvisada de pronto-socorro. Imagens divulgadas pela Agência Brasil mostram os militares procedendo curativos nos feridos. Além do hospital, desembarcam em Porto Princípe os militares do Corpo de Bombeiros do Rio e do Distrito Federal com equipamentos especiais para localização de vítimas nos escombros.

O ministro Jobim e as demais autoridades que integram a comitiva retornam nesta sexta-feira para Brasília. O corpo de Zilda Arns também seguirá neste voo até a capital brasileira. Da Base Aérea de Brasília, o caixão viajará até Curitiba (PR), onde ficará em velório no palácio do governo paranaense. Já os corpos dos 14 militares brasileiros deverão permanecer no Haiti por mais dois dias. Por questões de indenizações das Nações Unidas, há necessidade do cumprimento de questões burocráticas. Mas, um avião se encontra no Haiti para trazê-los ao Brasil tão logo sejam liberados para os sepultamentos.

Fonte: Blog do Planalto

+ sobre o tema

O Julho Negro 2017 terá ações do dia 17 a 21 de julho

O Julho Negro é uma articulação protagonizada pelos movimentos...

O mais pedido: saiba tudo sobre o cabelo de Taís Araújo

Todos os dias a coluna recebe um montão de...

Nilma Bentes: “História mostra que mulheres negras sempre estarão dispostas a lutar”

Realidade da população negra na Amazônia e enfrentamento ao...

para lembrar

Morre Nilo Feijó, ícone da cultura negra no Rio Grande do Sul

Morre Nilo Feijó, ícone da cultura negra no Rio...

Adriana Bombom evita comentar sobre briga com ex-marido por apartamento

Sempre sorridente e de bem com a vida, Adriana...

Museu de NY vai retirar estátua de Teddy Roosevelt por simbologia racista

O Museu de História Natural de Nova York anunciou...

Lázaro Ramos lança álbum para crianças

Em entrevista à CRESCER, nosso colunista Lázaro Ramos revela...
spot_imgspot_img

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...

Grávida, Iza conta que pretende ter filha via parto normal: ‘Vai acontecer na hora dela’

Iza tem experienciado e aproveitado todas as emoções como mamãe de primeira viagem. No segundo trimestre da gestação de Nala, fruto da relação com Yuri Lima, a...
-+=