domingo, maio 29, 2022
InícioQuestões de GêneroTirar fotos de mulheres amamentando em público passa a ser considerado crime

Tirar fotos de mulheres amamentando em público passa a ser considerado crime

Decisão da Justiça britânica tornou crime na Inglaterra e País de Gales o ato de tirar foto de mulheres amamentando sem seu consentimento; secretário Dominic Raab afirmou que medida impedirá que mulheres sejam importunadas

Uma decisão da Justiça britânica tornou crime o ato de tirar fotos de mulheres amamentando em público sem seu consentimento. De acordo com o secretário de Justiça, Dominic Raab, a medida irá impedir que mulheres sejam “importunadas, seja para autogratificação ou para fins de assédio”. Agora, a lei passa a fazer parte do Projeto de Lei da Polícia, Crime, Penas e Tribunais que tramita no Parlamento.

O secretário também confirmou nesta terça-feira outra emenda ao projeto de lei para dar às vítimas de violência doméstica mais tempo para denunciar crimes à polícia. Ele confirmou que o prazo de seis meses em casos de agressões comuns envolvendo violência doméstica será estendido. Recentemente, a BBC revelou que quase 13.000 casos na Inglaterra e País de Gales foram cancelados nos últimos cinco anos devido a limitação de tempo.

As decisões foram comemoradas por ativistas, que afirmaram que as medidas são uma vitória para as mães que amamentam.

A campanha pela criminalização das fotos teve início quando a estilista Julia Cooper foi fotografada em um parque de Manchester em abril do último ano. “Sentei para amamentar minha filha e notei um homem em outro banco olhando para nós. Eu o encarei de volta, mas sem se intimidar ele pegou sua câmera digital, instalou uma lente de zoom e começou a nos fotografar” disse à BBC.

Ela também disse que ficou arrasada com a situação, mas a situação piorou quando procurou a polícia e lhe disseram que nenhum crime havia sido cometido e que não havia nada que eles pudessem fazer. “E eu me senti tão impotente, então pensei que precisava fazer algo sobre isso”, afirmou.

Na época, ela e sua colega Stella Creasy, que também foi fotografada amamentando, apresentaram uma emenda ao projeto de lei sobre Polícia, Crime, Penas e Tribunais em junho, pedindo uma mudança na lei. Entretanto, a ministra Victoria Atkins, apesar de classificar as fotos como assustadoras, disse que o governo estava esperando uma revisão da Comissão de Leis sobre a melhor forma de agir.

Porém, agora houve uma mudança de atitude no Ministério da Justiça, com o ministro do governo, Lord Wolfson, apresentando sua própria emenda ao projeto de lei na Câmara dos Lordes.

“É uma vitória para as mães que amamentam e vai dar a garantia de que podemos amamentar em público sem que estranhos nos fotografem e filmam livremente como quiserem”, afirmou Cooper após a decisão.

Artigos Relacionados
-+=